Tecnologias A tecnologia que vai marcar a feira de Las Vegas

A tecnologia que vai marcar a feira de Las Vegas

A feira-rainha de tecnologia abre portas esta terça-feira. A televisão do futuro, carros autónomos e realidade virtual vão ser algumas das soluções em destaque. A assistente virtual da Google quer ser uma das estrelas.
Reuters Reuters Reuters Reuters Reuters Reuters Reuters Reuters Reuters Reuters Reuters Reuters Reuters Reuters Reuters Reuters Reuters Reuters Reuters Reuters
Sara Ribeiro 08 de janeiro de 2018 às 15:15

Desde 1967 que Las Vegas recebe o Consumer Electronics Show (CES). Considerada a feira-rainha da tecnologia, já foi o palco de apresentações a nível mundial de inovações como o DVD, Blu-Ray ou as televisões 4K. Este ano, os holofotes deverão incidir na televisão do futuro, carros autónomos, realidade virtual e casas inteligentes. Além disso, a assistente do Google promete ser a protagonista da feira que no ano passado teve a Alexa, assistente virtual da Amazon, como a estrela do evento.

A edição deste ano abre as portas esta terça-feira, 9 de Janeiro, e decorre até dia 12 de Janeiro. Entre os quatro mil stands que vão estar presentes na edição deste ano, há um que está a despertar bastante interesse: o da Google.

Há alguns anos que a gigante tecnológica não tinha um espaço próprio na feira. Tal como a Amazon ou a Apple, por exemplo, estava presente nos bastidores através dos produtos que são apresentados por outras fabricantes compatíveis com as soluções destas gigantes.

Depois da Alexa ter marcada o CES 2017, e despertado o interesse de várias empresas em fabricar produtos compatíveis com a sua assistente virtual, o Google não quis ficar para trás e deverá apresentar ao mundo a sua assistente virtual esta semana. Na prática, o Google Assistant é uma versão melhorada o actual sistema Google Now.

Em termos de smartphones e tablets, ao contrário do que aconteceu durante vários anos, a feira do tamanho de 35 campos de futebol não deve contar com muitas novidades. Isto porque as principais marcas costumam guardar os seus trunfos para o Mobile World Congress, que decorre anualmente em Barcelona.

O futuro da televisão

O CES é o principal evento para quem quer acompanhar as tendências do mercado das televisões. Em 2018 não será diferente, principalmente tendo em conta que é ano de Mundial de Futebol.

Depois da LG ter lançado a Wallpaper TV, com poucos milímetros de espessura, e do OLED e do 4K terem sido tendência, este ano é esperado que seja apresentado a nova tecnologia MicroLED e televisões com resolução 8K.

A maioria dos monitores na feira ainda vão ser OLED. Mas muitas fabricantes já estão a fazer o ‘upgrade’ para o MIicroLED. Na prática, esta nova tecnologia traz uma melhoria da imagem, com melhor contraste e brilho, mas também traz vantagens ao nível da eficiência energética.

A LG foi uma das fabricantes que já confirmou que vai ter novidades no campo dos 8K. Além disso, todos os modelos que vai apresentar no CES também deverão vir já com o Google Assistant.

A Samsung também costuma aproveitar os holofotes do CES para apresentar novidades neste segmento. A fabricante sul-coreana deverá apresentar a nova geração das suas televisões Q-LED, equipadas com o sistema operacional Tyzen, bem como um monitor curvo com resolução QHD.

Carros autónomos aceleram em Las Vegas

A tecnologia automóvel tem dominado as últimas edições da feira em Las Vegas. Os principais fabricantes aproveitam a estrada da feira para mostrar o ponto de situação dos carros do futuro: sem condutor. Aliás, durante o evento os participantes poderão apanhar boleia para a feira nos carros autónomos da Lyft e da Aptiv.

O foco das fabricantes, como a Mercedes, a Toyota ou a Ford, agora passa por revolucionar os interiores dos carros autónomos, bem como o desenvolvimento de tecnologias inovadoras de ‘infotainment’ a partir dos smartphones, por exemplo.

Casas mais inteligentes

A CES também costuma ser o palco escolhido para as tecnológicas apresentarem as novidades que têm na manga para casas inteligentes, ou seja, a interligação de vários produtos através de um dispositivo móvel (internet das coisas, IoT na sigla em inglês). A Samsung e a LG têm habituado os participantes do CES a conhecer em primeira mão alguns electrodomésticos inteligentes, como frigoríficos ou máquinas de lavar.

Este ano, é esperado que muitos dos produtos deste segmento apresentados na feira venham equipados com a Alexa e até o Google Assistant. Aliás, no geral, é espectável a apresentação de vários produtos com o apoio de assistentes virtuais.

A expansão da realidade virtual

Depois de as últimas edições terem sido marcadas pela apresentação de óculos de realidade aumentada - da Google, Facebook, Samsung, etc. – a batalha dos fabricantes já está noutro patamar: demonstrar como a tecnologia pode ser uma tendência, além da aplicação em jogos. Como? Através do lançamento de novos dispositivos que incorporam a tecnologia. A Intel e a Nvidia são algumas das empresas que estarão a preparar novidades que só serão desvendadas durante a CES.




A sua opinião0
Este é o seu espaço para poder comentar o nosso artigo. A sua opinião conta e nós contamos com ela.
Faltam 300 caracteres
comentar
Negócios oferece este espaço de comentário, reflexão e debate e apela aos leitores que respeitem o seu estatuto editorial, promovam a discussão construtiva e combatam o insulto. O Negócios reserva-se ao direito de editar, apagar ou mesmo modificar os comentários dos seus leitores se atentarem contra o bom senso e seriedade.O acesso a todas as funcionalidades dos comentários está limitada a leitores registados e a Assinantes.
pub