Tecnologias Apple ameaça liderança do Spotify

Apple ameaça liderança do Spotify

O Spotify é líder no stream de música, mas cada vez menos destacado. Os quatro milhões de subscritores que o separavam do serviço da Apple no ano passado, nos EUA, estão reduzidos a um milhão este ano.
Apple ameaça liderança do Spotify
Reuters
Ana Batalha Oliveira 09 de julho de 2018 às 11:21

A Apple está a ganhar terreno ao Spotify no negócio do stream de música, avança o Financial Times. A empresa liderada por Tim Cook (na foto) conta entre 21 a 21,5 milhões de subscritores nos EUA, enquanto o Spotify atinge apenas 22 a 22,5 milhões.

Nota-se uma diferença de um milhão sensivelmente, isto, quando no ano anterior, os 17 milhões vinculados ao Spotify superavam os "devotos" do streaming da Apple em quatro milhões.

O número de subscrições não é disponibilizado ao público em geral, mas distribuidores e produtoras musicais têm acesso aos mesmos. Ao FT, representantes da indústria dizem acreditar que a liderança se inverta já no próximo mês e, de acordo com as previsões consultadas pela publicação britânica, no final do ano a Apple deverá ascender aos 27 milhões de subscritores enquanto o Spotify deve ficar pelos 24 milhões.

As mesmas fontes da indústria justificam o crescente protagonismo da gigante da maçã com a larga franja de clientes que usam iPhone e o envolvimento que estes têm com a marca, além das questões mais práticas. Os utilizadores de telemóveis Apple terão, por exemplo, a subscrição facilitada pois a tecnológica já terá acesso à informação de cartão de crédito.




pub