Tecnologias Apple corta preço do novo iPad para quase metade

Apple corta preço do novo iPad para quase metade

As encomendas podem ser feitas a partir da próxima sexta-feira, 24 de Março, e as Apple Stores começam a vender o equipamento a partir da próxima semana nos EUA e em mais de 20 países. Marca da maçã lançou também uma nova versão do iPhone.
Negócios 21 de março de 2017 às 13:49

A Apple anunciou o lançamento de um novo iPad com 9,7 polegadas com um display Retina mais brilhante – 3,1 milhões de píxeis -, mantendo a mesma autonomia de bateria mas a um preço que é 45% inferior ao praticado até agora nos Estados Unidos.


Assim, o dispositivo comercializado pela empresa da maçã chega às lojas a começar nos 329 dólares (304 euros à cotação actual), que compara, segundo o Business Insider, com os 599 dólares (554 euros) do equipamento comparável, o iPad Pro com o mesmo tamanho de ecrã.


A empresa destaca ainda a ligação "ultra-rápida" de wireless e a maior flexibilidade na ligação às diversas redes móveis internacionais. E as mais de 1,3 milhões de aplicações desenhadas especificamente para o dispositivo, aprender código e ler livros, ver televisão, fazer chamadas vídeo graças ao ecrã maior.


O iPad traz o Sistema operativo iOS 10 e está disponível nas cores prata, dourado e cinza. A versão mais barata (32 GB com wi-fi) custará 329 dólares e a mais cara 459 dólares (32GB Wi-Fi + modelo rede móvel) para compras feitas online.


As encomendas podem ser feitas a partir da próxima sexta-feira, 24 de Março, e as Apple Stores começam a vender o equipamento a partir da próxima semana nos EUA e em mais de 20 países. O site da Apple em Portugal também já anuncia a venda a partir de sexta-feira.

Além do iPad, a marca da maçã lançou uma versão específica do iPhone 7 e 7 Plus, incluída na campanha RED, cuja compra permite contribuir para o fundo global de combate ao SIDA, tuberculose e malária. A edição especial celebra dez anos de parceria entre a RED e a Apple, apresentando um acabamento em alumínio de cor vermelha, a tonalidade icónica da campanha.



Os modelos específicos RED começam a ser vendidos online a 24 de Março com um preço inicial de 749 dólares, disponíveis em mais de 40 países

Todo o valor arrecadado pela campanha RED é entregue ao Global Fund. A Apple - o maior contribuinte empresarial deste fundo, tendo entregue à instituição mais de 130 milhões de dólares - lançou também uma capa para iPad enquadrado na campanha RED. 




pub