Tecnologias Britânica Applied Blockchain abre centro tecnológico no Porto

Britânica Applied Blockchain abre centro tecnológico no Porto

O escritório português da especialista em aplicações "blockchain" arranca com 50 pessoas. O fundador da start-up de Londres justifica a escolha por ser "um dos principais centros mundiais de talentos" em tecnologias.
Britânica Applied Blockchain abre centro tecnológico no Porto
Paulo Duarte
António Larguesa 02 de agosto de 2018 às 13:30

A londrina Applied Blockchain escolheu o Porto para a instalação de um centro de desenvolvimento, que é também o primeiro escritório da empresa fora do Reino Unido, contando aproveitar o "acesso a talento altamente qualificado e ambicioso" para evoluir a tecnologia e "responder à crescente procura internacional por parte de clientes".

 

Ao Negócios, o vereador com o pelouro dos assuntos económicos, Ricardo Valente, detalhou que "nesta operação e na fase inicial o projecto vai ter cerca de 50 colaboradores" na cidade, que classifica como "um ‘hub’ emergente para empresas tecnológicas". Este investimento é "um reconhecimento do nosso talento, localização estratégica, qualidade de vida e competitividade de custos", resumiu o autarca, prometendo "informação e assistência personalizada [aos investidores] nas diferentes fases" do processo.

 



Criada em 2015, a Applied Blockchain apoia empresas da área da aviação, banca, telecomunicações, do sector automóvel ou da indústria transformadora a desenvolverem os seus negócios tirando partido desta tecnologia, que permite guardar dados de forma descentralizada e privada, sendo o software em que se baseia a moeda virtual bitcoin. Entre os mais de 30 clientes está a Shell, que em Janeiro de 2018 também participou como investidora numa ronda de investimento com a Calibrate Partners.

 

Estamos muito animados por fazer parte da dinâmica comunidade tecnológica que está a surgir em Portugal. Adi Ben-Ari, fundador e ceo da Applied Blockchain


"Estamos muito animados por fazer parte da dinâmica comunidade tecnológica que está a surgir em Portugal. Acreditamos que oferece à Applied Blockchain a melhor oportunidade para o desenvolvimento do nosso negócio. (…) Apesar de ser um novo operador no mercado global da tecnologia, o país tem-se afirmado rapidamente como um dos principais centros mundiais de recrutamento de talentos de grande qualidade na área da tecnologia e dos negócios", assinalou o fundador e CEO Adi Ben-Ari, citado numa nota de imprensa.



pub