Tecnologias Conheça o fundador da Wikipédia, o "empreendedor da internet que não ficou milionário"

Conheça o fundador da Wikipédia, o "empreendedor da internet que não ficou milionário"

Segundo a sua página na Wikipédia, Jimmy Wales passou grande parte da infância a ler a Encyclopedia Britannica e a World Book Encyclopedia. Mais tarde, seria ele o fundador da maior enciclopédia do mundo.
Conheça o fundador da Wikipédia, o "empreendedor da internet que não ficou milionário"
Ricardo Castelo
André Vinagre 15 de janeiro de 2016 às 20:30

Foi no dia 15 de Janeiro de 2001 que foi fundada a Wikipédia pela mão de Jimmy Wales. Quinze anos depois, a Wikipédia tornou-se na maior enciclopédia do mundo e num dos sites mais visitados da internet.

 

Em 1995, Jimmy Wales acompanha o "boom" da internet e deixa a carreira na finança para se tornar num empreendedor da internet. Um ano depois, funda a Bomis, um portal que serviria de motor de busca masculino, mas o projecto não teve sucesso. Apesar do pouco êxito, a Bomis dava a Jimmy Wales uma plataforma para desenvolver a sua paixão: o enciclopedismo.

 

Pelo caminho conhece Larry Sanger, ao qual se junta para um novo projecto, iniciando a criação de uma enciclopédia online. Wales contrata Sanger como editor principal da nova enciclopédia que se viria a chamar Nupedia, cujos artigos eram escritos por especialistas e revistos através de um processo formal. "A ideia era ter milhares de voluntários a escrever artigos para uma enciclopédia online em todas as línguas", disse Jimmy Wales numa entrevista à New Scientist em 2007.

 

Em Janeiro de 2001, o programador informático Ben Kovitz sugeriu a adopção de um conceito de enciclopédia "livre" e "comunitária" para melhorar a Nupedia, sugestão a que Larry Sanger e Jimmy Wales aderiram imediatamente, nascendo assim a Wikipédia. Esta enciclopédia "wiki" (termo originário do idioma havaiano que significa "rápido") tinha inicialmente o propósito de apoiar a Nupedia.

 

No início, nem Jimmy Wales nem Larry Sanger sabiam o que esperar desta enciclopédia colaborativa. A Wikipédia cresceu exponencialmente e foi indexada aos motores de busca na web. Até ao final de 2001, o site já tinha 20 mil artigos em 18 idiomas diferentes. A Nupédia e a Wikipédia coexistiram até 2003, altura em que os servidores da primeira foram retirados e o seu texto incorporado na Wikipédia. Hoje a Wikipédia tem 38 milhões de páginas, 27 milhões de utilizadores e 430 milhões de visitantes únicos mensais.

 

Em 2003, Jimmy Wales fundou a Wikimedia, uma organização sem fins lucrativos e filantrópica que funciona através das contribuições públicas e doações por parte dos utilizadores, que utiliza para financiar a Wikipédia e outros projectos, como o Wikibooks ou a Wikinews.

 

Mas nem o facto de Jimmy Wales ter sido um dos empreendedores da internet, fez com que ficasse milionário. O perfil sobre o fundador da Wikipédia publicado no New York Times em 2013 conta que, durante o terceiro casamento de Jimmy Wales, com Kate Garvey, uma das damas de honor da noiva brincou no seu discurso, dizendo que a amiga se casou com "o único empreendedor da internet do mundo que não se tornou milionário".

 

No ano seguinte, Jimmy Wales deu uma entrevista ao jornal britânico The Guardian onde o confirmou. "Isso é verdade, não sou milionário. E então? Você também não é, e a maioria das pessoas também não", referiu. "Mas a maioria não construiu esta coisa fenomenal, o quinto site mais popular do mundo", comentou o jornalista do The Guardian. "Sim, mas eu adoro. É tão divertido", respondeu Jimmy Wales. De acordo com o New York Times, a fortuna de Jimmy Wales está avaliada em "apenas" um milhão de dólares.

 

Jimmy Wales nasceu a 7 de Agosto 1966, no Alabama, Estados Unidos da América, mas a data do seu nascimento também gera controvérsia já que, durante anos, a informação que constava da página de Jimmy Wales na organização que fundou dizia que tinha nascido um dia depois, a 8 de Agosto.

 

Segundo o New York Times, esta informação está incorrecta, já que o fundador da Wikipédia nasceu mesmo a 7 de Agosto. A "enciclopédia livre" havia "traído" o seu fundador, que teve de recorrer à página de discussão sobre o assunto, como todos os artigos que geram controvérsia. "Desculpem que vos diga, mas esta informação não está verificada", escreveu na página. "Talvez tenha de colocar aqui uma nota assinada pela minha mãe como prova".

 

Com a Wikipédia, surgiu também o reconhecimento. Em 2006, entrou na lista dos 100 melhores "Cientistas e Pensadores" da revista Time e ficou no 12º lugar do ranking das 25 maiores celebridades da internet. Em 2013, Wales recebeu a medalha da UNESCO Niels Bohr em Copenhaga, Dinamarca, e em 2014, foi nomeado como uma das 25 "superestrelas da internet" pelo Daily Telegraph.

 

Actualmente, Jimmy Wales reside em Londres e continua ao serviço da Wikipédia e Wikimédia, como membro do conselho de administração da Wikimedia Foundation e continuando a editar diariamente artigos da maior enciclopédia do mundo.




A sua opinião11
Este é o seu espaço para poder comentar o nosso artigo. A sua opinião conta e nós contamos com ela.
Faltam 300 caracteres
Negócios oferece este espaço de comentário, reflexão e debate e apela aos leitores que respeitem o seu estatuto editorial, promovam a discussão construtiva e combatam o insulto. O Negócios reserva-se ao direito de editar, apagar ou mesmo modificar os comentários dos seus leitores se atentarem contra o bom senso e seriedade.O acesso a todas as funcionalidades dos comentários está limitada a leitores registados e a Assinantes.
comentar
comentários mais recentes
Marco Pata 15.01.2016

Na parvónia tudo igual. O palhaço do de Sousa abre mais BURGER KINGS e o Borda Cardoso come criancinhas. E há muita fruta para os árbitros pois tem que se conseguir o que SE QUER.

Marco Pata 15.01.2016

Na parvónia tudo igual. O palhaço do de Sousa abre mais BURGER KINGS e o Borda Cardoso come criancinhas. E há muita fruta para os árbitros pois tem que se conseguir o que SE QUER.

Marco Pata 15.01.2016

Na parvónia tudo igual. O palhaço do de Sousa abre mais BURGER KINGS e o Borda Cardoso come criancinhas. E há muita fruta para os árbitros pois tem que se conseguir o que SE QUER.

Marco Pata 15.01.2016

Na parvónia tudo igual. O palhaço do de Sousa abre mais BURGER KINGS e o Borda Cardoso come criancinhas. E há muita fruta para os árbitros pois tem que se conseguir o que SE QUER.

ver mais comentários
pub