Tecnologias Facebook vai investir mil milhões de dólares em novo data center

Facebook vai investir mil milhões de dólares em novo data center

O data center, que será construído nos EUA, terá cerca de 93 mil metros quadrados. Apesar do investimento de mil milhões de dólares, quando o novo centro estiver a operar vai criar cerca de 100 postos de trabalho.
Facebook vai investir mil milhões de dólares em novo data center
Bloomberg / Reuters / Getty Images
Sara Ribeiro 06 de outubro de 2017 às 09:40

O Facebook vai investir mil milhões de dólares (cerca de 852 milhões de euros) num novo "data center" na Virgínia, Estados Unidos. O edifício vai situar-se, mais concretamente, em Henrico County, perto de Richmond, e terá cerca de 93 mil metros quadrados, de acordo com a imprensa internacional.

Este projecto vai implicar a contratação de milhares de trabalhadores durante a construção do edifício. Quando o "data center" estiver a operar, a empresa fundada por Mark Zuckerberg estima a criação de 100 postos de trabalho a tempo inteiro para gerir os milhares de servidores.

O Estado da Virgínia estima que a tecnológica deverá ter direito a uma isenção fiscal de cerca de 22 milhões dólares (18,7 milhões de euros). E, para o governador Terry McAuliffe , o investimento do Facebook é uma "grande vitória" uma vez que ajudará a Virgínia a captar a atenção de mais empresas tecnológicas, sustentou.

A rede social tem expandido os seus centros de dados por todo o país, tendo em curso um investimento semelhante ao anunciado esta semana para Ohio. O investimento do centro para este Estado situa-se em 750 milhões de dólares (639 milhões de euros) e criará também 100 empregos.

Tal como a CNN noticiou, o Estado de Ohio vai conceder incentivos fiscais de 37 milhões de dólares (31,5 milhões de euros) ao Facebook, ou 370 mil dólares por posto de trabalho.

No total, como aponta a Bloomberg, os vários locais onde o Facebook expandiu ou vai expandir a sua rede de "data centers" compensaram a tecnológica em cerca de 300 milhões de dólares (255 milhões de euros), apesar do investimento implicar a criação de poucos postos de trabalho.




A sua opinião0
Este é o seu espaço para poder comentar o nosso artigo. A sua opinião conta e nós contamos com ela.
Faltam 300 caracteres
Negócios oferece este espaço de comentário, reflexão e debate e apela aos leitores que respeitem o seu estatuto editorial, promovam a discussão construtiva e combatam o insulto. O Negócios reserva-se ao direito de editar, apagar ou mesmo modificar os comentários dos seus leitores se atentarem contra o bom senso e seriedade.O acesso a todas as funcionalidades dos comentários está limitada a leitores registados e a Assinantes.
comentar
pub
pub
pub
pub