Tecnologias Gulbenkian e Oceano Azul apoiam empresas com projectos de bio recursos marinhos

Gulbenkian e Oceano Azul apoiam empresas com projectos de bio recursos marinhos

As candidaturas para um programa destinado a pequenas e médias empresas (PME) e start-ups nas áreas da biotecnologia e bio recursos marinhos encontram-se abertas até 19 de Agosto, anunciaram esta quinta-feira a Fundação Oceano Azul e a Fundação Calouste Gulbenkian.
Gulbenkian e Oceano Azul apoiam empresas com projectos de bio recursos marinhos
Miguel Baltazar/Negócios
Negócios 28 de junho de 2018 às 13:03

As candidaturas para um programa destinado a pequenas e médias empresas (PME) e start-ups nas áreas da biotecnologia e bio recursos marinhos encontram-se abertas até 19 de Agosto, anunciaram esta quinta-feira a Fundação Oceano Azul e a Fundação Calouste Gulbenkian.

O Programa de Aceleração Blue Bio Value tem como destinatários "PME e start-ups que necessitem de ganhar escala e/ou desenvolver competências, bem como a projectos de investigação com potencial para serem transformados em novos negócios, nas áreas da biotecnologia e bio recursos marinhos e que resultem no desenvolvimento da economia marinha de forma sustentável", refere o comunicado.

Este programa pretende "atrair projectos e ideias que representem uma oportunidade de negócio ao longo da cadeia dos bio recursos marinhos, incluindo biotecnologia, e que tenham como solução o desenvolvimento de produtos ou serviços sustentáveis e cuja exploração resulte num impacto positivo no desenvolvimento da actividade sustentável do oceano".

As candidaturas vencedoras serão anunciadas a 31 de Agosto e a primeira edição do programa, que tem a duração de oito semanas, inicia-se a 25 de Setembro.

Ao longo do programa as empresas serão apoiadas em diversas áreas, nomeadamente na validação da tecnologia desenvolvida, na aquisição de competências de gestão e no acesso a uma rede de mentores, parceiros especialistas no sector, bem como a potenciais clientes e investidores.

O Blue Bio Value é uma iniciativa internacional e em Portugal conta com a Fundação Oceano Azul e a Fundação Calouste Gulbenkian, em parceria com a Fábrica de Startups, a Bluebio Alliance e a Faber Ventures.

A Fundação Oceano Azul e a Fundação Calouste Gulbenkian comprometeram-se a investir um mínimo de um milhão de euros nos três anos de implementação do programa Blue Bio Value e pretendem acelerar entre 10 a 20 empresas portuguesas e estrangeiras por ano.

Toda a informação sobre o programa Blue Bio Value pode ser consultada no site www.bluebiovalue.pt.




pub