Tecnologias LinkedIn supera estimativas nos lucros e receitas do segundo trimestre

LinkedIn supera estimativas nos lucros e receitas do segundo trimestre

A tecnológica responsável pela vasta rede de contactos profissionais em todo o mundo também animou os investidores com as suas projecções para a facturação anual, igualmente acima do estimado pelo consenso de mercado.
A carregar o vídeo ...
Bloomberg TV 31 de julho de 2015 às 02:40

A LinkedIn registou lucros – excluindo itens extraordinários – de 55 cêntimos por acção no segundo trimestre, quando os analistas inquiridos pela Bloomberg apontavam para uma média de 30 cêntimos.


Também as receitas foram superiores ao esperado pelo mercado, uma vez que ascenderam a 711,7 milhões de dólares (um crescimento de 33% face ao período homólogo do ano passado) quando a estimativa média apontava para 679,9 milhões.


A superar igualmente as previsões dos analistas, e a animar fortemente as acções da tecnológica, esteve a projecção de receitas anuais no valor de 2,94 mil milhões de dólares, contra 2,91 mil milhões apontados pelo mercado.


A empresa mostrou assim que está a recuperar de mudanças que teve de realizar recentemente e que penalizaram as receitas.


Estes resultados estão a ser bem acolhidos no mercado bolsista norte-americano. As acções da empresa seguem a disparar 15% na negociação fora de horas em Nova Iorque, depois de terem encerrado a cair 2,1% para 227,15 dólares no fecho da sessão regular de quinta-feira.


A sua opinião0
Este é o seu espaço para poder comentar o nosso artigo. A sua opinião conta e nós contamos com ela.
Faltam 300 caracteres
Negócios oferece este espaço de comentário, reflexão e debate e apela aos leitores que respeitem o seu estatuto editorial, promovam a discussão construtiva e combatam o insulto. O Negócios reserva-se ao direito de editar, apagar ou mesmo modificar os comentários dos seus leitores se atentarem contra o bom senso e seriedade.O acesso a todas as funcionalidades dos comentários está limitada a leitores registados e a Assinantes.
comentar
pub