Tecnologias O Tomi português já tirou 40 mil fotografias no Chile

O Tomi português já tirou 40 mil fotografias no Chile

O Tomi, equipamento urbano desenvolvido pela tecnológica portuguesa Tomi World, chegou há dois meses a Santiago do Chile e já teve 550 mil interacções.
O Tomi português já tirou 40 mil fotografias no Chile
Negócios 16 de agosto de 2018 às 17:15

Mais de 550 mil interacções, cerca de 40.000 fotos enviadas e mais de 3 milhões de visualizações. Este é o balanço de dois meses do Tomi em Santiago do Chile. O equipamento de informação urbana concebido e desenvolvido pela empresa portuguesa Tomi World chegou à capital do Chile no dia 15 de Junho e desde então tem contribuído para que se transforme numa "cidade inteligente".

 

O Tomi é um equipamento de informação urbana que segue um critério de proximidade e disponibiliza informação útil sobre acontecimentos da actualidade, eventos culturais, pontos de interesse, comércio local e transportes e que permite ainda tirar "selfies".

 

Santiago de Chile é o terceiro ponto de paragem deste equipamento, que também já é usado em Portugal e no Brasil. Os primeiros Tomi foram instalados no Paseo Bandera, uma das principais ruas da capital chilena que se está a desenvolver como um showroom de "cidades inteligentes". O investimento previsto na cidade nesta primeira fase é de 50 Tomi, fazendo parte de um projecto que pretende tornar a cidade mais inteligente e ligada aos seus cidadãos.

 

As estatísticas destes dois meses de operação indicam ainda que 80% das interacções são feitas em espanhol e 20% em inglês, demonstrando como os residentes estão a utilizar o Tomi no seu dia-a-dia. A opção mais usada é o módulo procurar, seguindo-se os eventos, as notícias e os transportes.

 

José Agostinho, CEO da Tomi World, considera em comunicado que estas estatísticas "são excelentes indicadores sobre a forma como os habitantes e os visitantes da cidade consideram útil a informação disponível no Tomi".




pub