Tecnologias Samsung anuncia investimento que pode criar 700 mil empregos na Coreia do Sul

Samsung anuncia investimento que pode criar 700 mil empregos na Coreia do Sul

A empresa vai investir 138 mil milhões de euros nos próximos anos no desenvolvimento soluções de inteligência artificial e cartões de memória. A medida visa impulsionar a economia sul-coreana que está em desaceleração.
Samsung anuncia investimento que pode criar 700 mil empregos na Coreia do Sul
Kim Hong-Ji/Reuters
Negócios 08 de agosto de 2018 às 10:01

A sul-coreana Samsung vai investir 161 mil milhões de dólares (138 mil milhões de euros) no desenvolvimento de várias tecnologias e produtos, conta a Bloomberg. A medida também tem como objectivo apoiar o presidente da Coreia do Sul, Moon Jae-in, ao tentar dar um impulso à economia do país que está em desaceleração, com o desemprego a aumentar e, consecutivamente, com o consumo a diminuir.

O investimento vai ser executado ao longo dos três próximos anos e vai ser direccionado para o desenvolvimento de soluções de inteligência artificial, do 5G entre outras tecnologias e produtos como cartões de memória. Quase três quartos do total do investimento serão aplicados no país de origem da tecnológica.

"A Samsung está cheia de dinheiro agora", disse à Bloomberg Kwon Sung-ryul, analista da DB Financial Investment em Seul. E acrescenta: "Há um lado político também, porque o governo está a pedir para [as empresas] criarem empregos e canalizarem os investimentos no próprio país".

Com este novo plano, anunciado depois do presidente da Samsung, Jay Y. Lee,  se ter reunido com o ministro das Finanças, Kim Dong-yeon, numa fábrica em Seul, a empresa diz que pode vir a contratar directamente mais de 40 mil pessoas, enquanto o investimento que vai executar no país pode levar à criação de 700 mil novos empregos no geral.