Tecnologias Samsung cria bateria que carrega em 12 minutos e tem mais 45% de capacidade

Samsung cria bateria que carrega em 12 minutos e tem mais 45% de capacidade

Construída a partir de grafeno, um material derivado do carbono, a nova bateria carrega cinco vezes mais depressa que as convencionais e dura 45% mais tempo. Mas vai demorar muito tempo até à sua massificação.
Samsung cria bateria que carrega em 12 minutos e tem mais 45% de capacidade
REUTERS
Negócios 27 de novembro de 2017 às 15:21
A empresa de electrónica sul-coreana Samsung anunciou a criação de uma bateria inovadora, que carrega cinco vezes mais rápido que as convencionais, tem uma capacidade de armazenamento 45% superior e pode ser utilizada em automóveis.

O Financial Times refere que a nova bateria usa bolas de grafeno – descrito como um "material milagroso" e que é obtido a partir do carbono - que prolongam a vida de baterias de iões-lítio e permitem um carregamento mais rápido.

A resistência, as propriedades de condução de electricidade e a elasticidade do grafeno fazem com que seja considerado um material ideal para substituir a actual tecnologia de iões-lítio, permitindo ainda produzir baterias mais pequenas.

Assim, em vez de uma hora – tempo médio de carregamento actual – as novas baterias demorarão 12 minutos a carregar. Além disso, como mantêm estabilidade a temperaturas até 60 graus Celsius, podem ser usadas em carros eléctricos, refere o Financial Times.

"É uma grande tecnologia com várias aplicações potenciais, mas vai demorar muito tempo até que as baterias à base de grafeno sejam produzidas em massa," disse o analista Kim Young-woo, da SK Securities. 

A nova tecnologia resulta do trabalho de investigação na área das baterias, que ganhou força depois dos casos de sobreaquecimento de baterias nos smartphones Galaxy Note 7.



A sua opinião3
Este é o seu espaço para poder comentar o nosso artigo. A sua opinião conta e nós contamos com ela.
Faltam 300 caracteres
Negócios oferece este espaço de comentário, reflexão e debate e apela aos leitores que respeitem o seu estatuto editorial, promovam a discussão construtiva e combatam o insulto. O Negócios reserva-se ao direito de editar, apagar ou mesmo modificar os comentários dos seus leitores se atentarem contra o bom senso e seriedade.O acesso a todas as funcionalidades dos comentários está limitada a leitores registados e a Assinantes.
comentar
comentários mais recentes
??? Há 2 semanas

E não pega fogo?

Sam o quê? Há 2 semanas

Iphone é TOP o resto é LIXO

ComePito Há 2 semanas

Ou com Grafeno ou com outros materiais já em investigação, o mundo está quase a chegar a uma solução que, pela primeira vez, vai possibilitar armazenar energia a preços acessíveis ao consumidor e isso vai provocar uma revolução ao nível mundial.

Saber mais e Alertas
pub