Tecnologias Tecnológica "portuguesa" levanta 11,8 milhões para desenvolver Inteligência Artificial

Tecnológica "portuguesa" levanta 11,8 milhões para desenvolver Inteligência Artificial

A DefinedCrowd, liderada pela portuguesa Daniela Braga e com escritórios em Portugal, anunciou esta terça-feira o fecho de um financiamento de 11,8 milhões de dólares, o equivalente a 10 milhões de euros. EDP Ventures entra como accionista.
Negócios 31 de julho de 2018 às 15:57
A DefinedCrowd fechou uma ronda de financiamento série A, liderada pela Evolution Equity Partners, no valor de 11,8 milhões de dólares. O capital vai ser usado para desenvolver a oferta de serviços da empresa de dados para Inteligência Artificial, reforçar a equipa e aumentar a quota de mercado.

Com a nova ronda entram também novos accionistas. Um deles é a portuguesa EDP Ventures. Nem a participação, nem o montante foram revelados. Entram também a Kibo Ventures e a Mastercard, que se juntam a outros nomes, alguns sonantes, que estão já no capital da empresa fundada pela portuguesa Daniela Braga: Sony, Portugal Ventures, Amazon Alexa Fund e Busy Angels.

No comunicado divulgado esta terça-feira, a DefinedCrowd, que tem sede em Seattle e escritórios também em Portugal, Daniela Braga salienta que "e
ste é um marco muito importante para qualquer start-up. Sinto-me bastante honrada pela nossa validação de mercado nos ter preparado para esta Series A em menos de três anos".

"A revolução da Inteligência Artificial está a aumentar a necessidade de dados de alta qualidade, ao mesmo tempo que expõe os desafios inerentes a treinar modelos com precisão. Com este financiamento vamos continuar a expandir os nossos produtos, quer o portal Enterprise, quer o Neevo; vamos continuar a executar o nosso roadmap de machine learning, que nos torna únicos; e vamos continuar a expandir a nossa equipa de vendas mundial para servir melhor os nossos clientes globais," acrescenta Daniela Braga.

Com a entrada no capital, Dennis Smith, fundador e sócio administrador da Evolution Equity Partners, passará também a fazer parte da DefinedCrowd.

A start-up disponibilizou publicamente a sua plataforma de Software as a Service (SaaS) em Janeiro. Em Abril, abriu o quarto escritório em Tóquio, para expandir a actividade na Ásia.



pub