Tecnologias Visor de realidade aumentada? Apple quer ter novo produto no mercado até 2020

Visor de realidade aumentada? Apple quer ter novo produto no mercado até 2020

A agência Bloomberg revela que a Apple está a trabalhar num novo produto que será disruptivo e que consiste num sistema de visor e auscultadores de realidade aumentada. O objectivo é colocar este novo produto no mercado no início de 2020.
Visor de realidade aumentada? Apple quer ter novo produto no mercado até 2020
Reuters
Negócios com Bloomberg 08 de novembro de 2017 às 16:32

Depois do sucesso nas vendas do novo iPhone X, a Apple está já a concentrar esforços na produção de um novo produto tecnológico que a empresa liderada por Tim Cook pretende venha a ser disruptivo face às tecnologias actualmente existentes no mercado.

 

De acordo com a agência Bloomberg, a Apple está a trabalhar na produção de um sistema de realidade aumentada, que deverá consistir num produto conjunto de auscultadores e visor. O objectivo será ter o produto pronto em 2019 e no mercado o mais tardar no início de 2020.

 

Ao contrário da actual geração de auscultadores de realidade virtual disponíveis no mercado, que necessitam de um smartphone para fazer o "input" da informação, o novo produto em desenvolvimento pela marca da maça terá o seu próprio ecrã e sistema operativo, segundo escreve a Bloomberg com base em fontes não identificadas.

 

O sistema operativo, ainda sem nome oficial, será designado entre os trabalhadores de "rOS" (sistema operativo de realidade), baseado no actual sistema dos produtos da marca iOS. A Bloomberg adianta ainda que os engenheiros da Apple estão a trabalhar nos interfaces do produto, entre os quais a possibilidade de controlo através de gestos com a cabeça, de ecrã táctil e comandos de voz através da assistente Siri.

 

Estas fontes adiantam que o calendário para a produção e lançamento da nova tecnologia poderá sofrer alterações.

 

No entender de Tim Cook, a realidade aumentada é menos isoladora para os utilizadores que a realidade virtual e tem um potencial tão revolucionário para a vida dos utilizadores como o início dos telemóveis inteligentes.

 

Durante uma videochamada sobre os resultados da Apple, Cook defendeu que a Apple está a trabalhar em coisas que "vão transformar a forma como se trabalha, joga, conecta e aprende". A Apple rejeitou prestar declarações sobre o eventual produto em desenvolvimento.




A sua opinião1
Este é o seu espaço para poder comentar o nosso artigo. A sua opinião conta e nós contamos com ela.
Faltam 300 caracteres
Negócios oferece este espaço de comentário, reflexão e debate e apela aos leitores que respeitem o seu estatuto editorial, promovam a discussão construtiva e combatam o insulto. O Negócios reserva-se ao direito de editar, apagar ou mesmo modificar os comentários dos seus leitores se atentarem contra o bom senso e seriedade.O acesso a todas as funcionalidades dos comentários está limitada a leitores registados e a Assinantes.
comentar
comentários mais recentes
Não obrigado Há 2 semanas

Metam estes tarados isolados numa ilha longínqua