Tecnologias Yahoo: três mil milhões de contas foram pirateadas em 2013

Yahoo: três mil milhões de contas foram pirateadas em 2013

Era já conhecido que a Yahoo tinha sido alvo de um ataque informático em 2013, o que tinha feito com que mil milhões de contas tivessem sido comprometidas. Contudo, nas últimas horas, a empresa assumiu que o número é bem maior. Afinal, foram três mil milhões de contas pirateadas.
Yahoo: três mil milhões de contas foram pirateadas em 2013
Bloomberg
Ana Laranjeiro 04 de outubro de 2017 às 10:14

Em 2013, a Yahoo foi alvo de um ataque por parte de piratas informáticos que, acreditava-se, tinha exposto as contas de mil milhões de utilizadores. Mas esse número não estava correcto. Nas últimas horas, e de acordo com a Reuters, a empresa adiantou que foram, afinal, três mil milhões as contas de utilizadores afectadas pelo roubo de dados que ocorreu em 2013. Deste montante, explicou a companhia, podem estar incluídas contas que nunca foram usadas ou que foram usadas apenas por pouco tempo.

Esta terça-feira, a Yahoo reconheceu que "obteve recentemente novos dados" que mostram todas as contas de utilizadores que foram afectadas. De acordo com a empresa, citada pela Reuters, a informação que foi roubada não incluiu palavras-passe em texto, dados de pagamentos com cartões nem informações de contas bancárias.

A tecnológica enviou emails a avisar os clientes que foram afectados pelo roubo de dados.

A Yahoo revelou no final do ano passado que tinha sido alvo do roubo de dados de mais de mil milhões de utilizadores. A Verizon, que estava na altura em processo de aquisição do negócio web da Yahoo, não desistiu da operação mas quis diminuir a oferta. Em Fevereiro, as duas tecnológicas acordaram que a Verizon ia pagar pelo negócio de internet da Yahoo 4,48 mil milhões de dólares, menos 350 milhões de dólares que o valor acertado inicialmente.

Com os dados conhecidos nas últimas horas, o número de acções judiciais que a Verizon – agora dona do negócio da internet da Yahoo – pode vir a ser alvo, tanto por parte de accionistas como por parte dos utilizadores, pode aumentar. Actualmente, há já 41 processos instaurados por consumidores tanto em tribunais federais como em tribunais estatais, segundo a Reuters.

Jan Dawson, an analyst at Jackdaw Capital, disse à Bloomberg que o facto de terem sido três mil milhões o número de contas que foram afectadas pelo ataque "faz com que o ataque tenha sido pior do que a Verizon e nós pensávamos, mas não sei se materialmente muda a avaliação da Yahoo enquanto companhia ou os custos correntes de ligar com o ataque".




A sua opinião0
Este é o seu espaço para poder comentar o nosso artigo. A sua opinião conta e nós contamos com ela.
Faltam 300 caracteres
Negócios oferece este espaço de comentário, reflexão e debate e apela aos leitores que respeitem o seu estatuto editorial, promovam a discussão construtiva e combatam o insulto. O Negócios reserva-se ao direito de editar, apagar ou mesmo modificar os comentários dos seus leitores se atentarem contra o bom senso e seriedade.O acesso a todas as funcionalidades dos comentários está limitada a leitores registados e a Assinantes.
comentar
Saber mais e Alertas
pub