Telecomunicações Rede Payshop vai ser integrada no Banco CTT

Rede Payshop vai ser integrada no Banco CTT

O Banco CTT vai passar a gerir a rede física da Payshop. A empresa garante que a marca Payshop não vai acabar e que em breve vai lançar “novas soluções na área dos pagamentos”.
Rede Payshop vai ser integrada no Banco CTT
Sara Ribeiro 12 de janeiro de 2018 às 16:51

Os CTT vão integrar a rede Payshop no banco postal. A informação foi confirmada pela empresa liderada por Francisco Lacerda em comunicado enviado às redacções.

 

A empresa, que tem em curso a implementação de um plano de reestruturação de custos, justifica a medida com "o objectivo de reforçar o desenvolvimento dessa plataforma de pagamentos e a oferta de novos serviços e produtos integrados".

 

Os Correios garantem ainda que a marca Payshop "será mantida", estando até "previsto para breve o lançamento de novas soluções na área dos pagamentos".

"Esta alteração permitirá ao Banco CTT aumentar a proximidade com os seus clientes através da rede física da Payshop, que conta com mais de 4.000 agentes, a qual irá complementar a rede de 208 balcões as plataformas digitais da instituição financeira", sublinha no mesmo comunicado.

A integração da rede Payshop no banco postal tinha sido anunciada esta sexta-feira pelo representante da Comissão de Trabalhadores dos CTT, José Rosário, no Parlamento, durante um conjunto de audições sobre os Correios.

 

Francisco Lacerda, presidente executivo dos CTT, considera que "a integração da Payshop no Banco CTT enquadra-se na estratégia dos CTT de reforçar a área dos serviços financeiros, a qual, a par das encomendas, irá conduzir o crescimento futuro".

Já Luís Pereira Coutinho, presidente da comissão executiva do Banco CTT, acrescenta que "a Payshop será potenciada pelo Banco CTT, na adaptação da plataforma a redes digitais, no reforço da sua proximidade a todos os portugueses e na prestação de serviços ainda mais completos e diversificados."

 

A Payshop permite o pagamento de vários serviços como de facturas de água, electricidade ou gás, bem como o carregamento de telemóveis ou de passes de transporte.




pub