Aviação Administração da TAP adia reunião com autarcas da Área Metropolitana do Porto

Administração da TAP adia reunião com autarcas da Área Metropolitana do Porto

O presidente do Conselho Metropolitano do Porto (CmP), Hermínio Loureiro, disse que a reunião de segunda-feira com a administração TAP foi adiada a pedido da companhia aérea para uma data ainda a agendar, no que considerou um "mau sinal".
Administração da TAP adia reunião com autarcas da Área Metropolitana do Porto
Reuters
Lusa 12 de Fevereiro de 2016 às 19:57

"Importa referir que a data da reunião foi sugerida pela TAP, o dia e a hora, o dia 15 e as 15:00, foi uma data sugerida pela TAP num conjunto de troca de informações que tínhamos mantido ao longo dos últimos dias e olho para esta situação como um adiamento desta reunião, mas não posso deixar de dizer que considero um mau sinal", disse à Lusa Hermínio Loureiro.

 

A reunião foi anunciada na quinta-feira, tendo por objectivo abordar a suspensão de quatro voos da companhia aérea nacional de e para o Porto, depois de o CmP, ter decidido, em Janeiro, chamar a administração da TAP para "explicar o que se está a passar".

 

O presidente do CmP adiantou que ainda hoje houve contactos com o presidente da Associação Empresarial de Portugal, Paulo Nunes de Almeida, e com o presidente da Comissão de Coordenação e Desenvolvimento Regional do Norte (CCDR-N), Emídio Gomes, e acrescentou que vão ser estabelecidas pontes com as Comunidades Intermunicipais de toda a região.

 

"Esta questão não é uma questão específica da nossa região. O que está aqui em causa é o país e, portanto, quando falamos na questão do turismo, do Porto como destino forte e relevante, quando falamos da nossa fortíssima vocação exportadora do distrito de Aveiro, Porto, Braga, Viana do Castelo, quando falamos das empresas que criam riqueza estamos a falar de um problema do país e não da nossa região", disse Hermínio Loureiro, que realçou que as razões apresentadas para o adiamento da reunião são "naturalmente atendíveis".

 

O também presidente da Câmara Municipal de Oliveira de Azeméis frisou que "este assunto tem uma dimensão nacional" e que o CmP vai esperar "efectivamente que a reunião com a TAP seja frutuosa e que dessa reunião possam resultar boas soluções para os problemas que estão identificados".

 

O presidente da Câmara do Porto, Rui Moreira, depois de ter revelado que as ligações a Bruxelas (Bélgica), Roma e Milão (Itália) e Barcelona (Espanha) tiveram uma taxa de ocupação média em 2015 de 90%, e de ter adiantado que também o voo nocturno para Gatwick, Londres (Inglaterra) será suprimido, admitiu na quarta-feira, em reunião do executivo, apelar ao boicote da região à TAP.

 

Em reacção, o ministro do Planeamento, Infra-estruturas e Transportes, Pedro Marques, remeteu uma resposta para a comissão executiva da TAP.

 

Pedro Marques disse ainda, na Assembleia da República, que o consórcio Atlantic Gateway está disponível para reforçar o diálogo com agentes económicos e autarcas da região.




A sua opinião2
Este é o seu espaço para poder comentar o nosso artigo. A sua opinião conta e nós contamos com ela.
Faltam 300 caracteres
Negócios oferece este espaço de comentário, reflexão e debate e apela aos leitores que respeitem o seu estatuto editorial, promovam a discussão construtiva e combatam o insulto. O Negócios reserva-se ao direito de editar, apagar ou mesmo modificar os comentários dos seus leitores se atentarem contra o bom senso e seriedade.O acesso a todas as funcionalidades dos comentários está limitada a leitores registados e a Assinantes.
comentar
comentários mais recentes
Anónimo 13.02.2016

Quem ve sabe:se a tap nao esta na disposicao em ir a luta com as empresas de baixo preco nao sobrevive.Como eu muitos de vos ouviram o armenio dizer que a tap nao vai fazer viagens de baixo preco,porque sabe que para alimentar a armenizada tem de viajar muito.

Anónimo 13.02.2016

Sinceramente nao entendo este alarido fosco;eu disse neste jornal no passado ano quando regressei de ferias no fim de agosto que no aeroporto de pedras rubras so pousavam avioes da Ryanair,perante essa chuva de avioes da Ryanair pousava 1 alemao,holandes e pouco mais.

pub
pub
pub
pub