Aviação Atlantic Gateway pede estabilidade para a TAP

Atlantic Gateway pede estabilidade para a TAP

O maior accionista privado da TAP aplaude as escolhas do Governo para a administração da companhia aérea. Depois da polémica dos últimos dias, Humberto Pedrosa e David Neelman pedem "estabilidade" e "um conselho de administração coeso".
Atlantic Gateway pede estabilidade para a TAP
Sara Matos/Negócios
André Veríssimo 14 de junho de 2017 às 11:10

"Estamos certos de que este novo conselho de administração, que será eleito no dia 30 de Junho, terá as competências necessárias e estará à altura dos desafios que terá pela frente, dada a experiência empresarial e complementaridade dos seus membros", afirma a Atlantic Gateway num comunicado emitido esta quarta-feira, assinalando a confiança nos nomes escolhidos pelo Governo, que têm suscitado críticas dos partidos, à esquerda e à direita.

A escolha do advogado Diogo Lacerda Machado, que esteve envolvido nas negociações para a alteração do modelo de privatização, foi a mais polémica. Além do amigo do primeiro-ministro, o Governo nomeou ainda Miguel Frasquilho, que ficará como "chairman", Esmeralda Dourado, Bernardo Trindade, Ana Pinho Macedo Silva e António Gomes de Menezes.

Logo no sábado à noite, em Viseu, o líder do PSD e antigo primeiro-ministro, Pedro Passos Coelho, afirmou ser "uma pouca-vergonha" o Governo nomear para a administração da TAP Diogo Lacerda Machado, que foi "o mesmo homem que andou a negociar a reversão" da privatização da transportadora. Também o PCP e o Bloco de Esquerda criticaram as nomeações. 

O principal visado, Lacerda Machado, defendeu-se afirmando não ter vergonha, mas sim "um imenso orgulho" por ter ajudado a que o Estado recuperasse uma participação de 50% do capital da TAP. O PS e o Governo também saíram em sua defesa. Na entrevista publicada hoje no Negócios, Fernando Pinto, o presidente-executivo da companhia também defende a competência do advogado para o cargo.

"TAP precisa de estabilidade"

Humberto Pedrosa e David Neelman, que assinam o comunicado, deixam um apelo para que não exista demasiado ruído à volta da companhia aérea. "A TAP precisa de estabilidade e de um conselho de administração coeso que apoie esta estratégia de crescimento e sustentabilidade que temos vindo a conseguir", afirmam.

A missiva salienta que "a Atlantic Gateway continuará a nomear a gestão executiva da TAP que é hoje uma empresa privatizada e privada e pretende manter o ritmo de transformação da empresa que está em curso, única forma a garantir a sua sustentabilidade e crescimento". E garante que o accionista "tem estado a executar com sucesso o plano de 'turnaround' da TAP desde a conclusão da privatização".


A sua opinião4
Este é o seu espaço para poder comentar o nosso artigo. A sua opinião conta e nós contamos com ela.
Faltam 300 caracteres
Negócios oferece este espaço de comentário, reflexão e debate e apela aos leitores que respeitem o seu estatuto editorial, promovam a discussão construtiva e combatam o insulto. O Negócios reserva-se ao direito de editar, apagar ou mesmo modificar os comentários dos seus leitores se atentarem contra o bom senso e seriedade.O acesso a todas as funcionalidades dos comentários está limitada a leitores registados e a Assinantes.
comentar
mais votado Anónimo Há 2 semanas

Mas, a quem estao eles a tentar tapar os olhos? os gering..... renacionalizam, ficam com a maior parte da comp...para por e dispor, e dizem que e' privada? Vao gozar a vossa tia!!! A TAP nao tarda a voltar a' situacao que se encontrava antes do Coelho tomar a decizao correta. Se la' meterem mais umas duzias de amigos , ficarao com malta suficiente para encher os avioes, e nao precisam de
mais ninguem. como passageiro, nao contem comigo!

comentários mais recentes
João Há 2 semanas

Esta parceria cheira muito mal. Para quem sempre disse que só queria a totalidade da TAP!

Anónimo Há 2 semanas

Atlantic Gateway pede estabilidade para a TAP, afim de manter o valor das acoes e dar tempo da mesma fazer um cleane takeoff.

Anónimo Há 2 semanas

Mas, a quem estao eles a tentar tapar os olhos? os gering..... renacionalizam, ficam com a maior parte da comp...para por e dispor, e dizem que e' privada? Vao gozar a vossa tia!!! A TAP nao tarda a voltar a' situacao que se encontrava antes do Coelho tomar a decizao correta. Se la' meterem mais umas duzias de amigos , ficarao com malta suficiente para encher os avioes, e nao precisam de
mais ninguem. como passageiro, nao contem comigo!

Mr.Tuga Há 2 semanas

PALHAÇADA ANEDOTICA só possível em tugaLÂndia dos imbecilizados!
Entao estes "empresários" compram a empresa, para de seguida permitir que o estado FALIDO de tugaL fique com posição muito significativa e escolha a equipa de gestão !?!?!?!?!!?!?!?!!?
Algo de muito errado se passa....

pub
pub
pub
pub