Aviação Câmara do Porto acusa TAP de encerrar voos com "taxas de ocupação de 90%"

Câmara do Porto acusa TAP de encerrar voos com "taxas de ocupação de 90%"

A autarquia publicou um texto em que refere dados de ocupação média, em 2015, dos voos suprimidos pela TAP que “demonstram que os aviões viajavam cheios ou quase cheios de e para o Porto”.
Câmara do Porto acusa TAP de encerrar voos com "taxas de ocupação de 90%"
Bruno Colaço / Correio da Manhã
Alexandra Noronha 03 de fevereiro de 2016 às 09:40

Continua a polémica entre a Câmara do Porto e a TAP por causa do encerramento de algumas ligações que a companhia aérea fazia para o aeroporto Sá Carneiro. A autarquia dá conta, no seu portal de notícias, que teve "acesso aos números referentes às taxas de ocupação média, em 2015, dos vosso suprimidos pela TAP a partir e com destino ao aeroporto Francisco Sá Carneiro".


Segundo a Câmara, "ao suprimir as quatro ligações, anunciadas, a companhia perde 190 mil passageiros". Sem referir onde e como encontrou estes dados, a Câmara salienta que "demonstram que os aviões viajavam cheios ou quase cheios de e para o Porto". 


Segundo estes dados, os voos com saída do Porto contam com taxas médias de ocupação entre 88% e 95% (Bruxelas com 90%, Milão, de manhã, com 88%, Milão, de tarde, com 95%, Roma com 89%, Barcelona, de manhã, com 91% e Barcelona, de tarde, com 88%). A autarquia acrescentou ainda que os voos com destino ao Porto tinham uma ocupação entre 77% e 92% (Bruxelas com 77%, Milão, de manhã, com 87%, Milão, de tarde, com  86%, Roma com 91%, Barcelona, de manhã, com 92%).


No ano passado, diz a Câmara liderada por Rui Moreira, as quatro ligações que serão suspensas em Março representaram "o transporte de perto de 190 mil passageiros, em 1.867 voos de ida e volta".

A Câmara adianta ainda que "só a ligação directa entre o Porto e Bruxelas transportou, em 2015, mais de 53 mil passageiros, em 350 voos; e as duas ligações a Milão (manhã e tarde), transportaram outros tantos, em 622 voos, embora em aeronaves mais pequenas. Na ligação a Roma, a TAP transportou mais de 40 mil passageiros, em 240 voos, e a ligação a Barcelona mais de 42 mil, em 655 voos".

 

A autarquia alega ainda que mesmo quando os aviões eram de maior dimensão, em vez dos aparelhos da Portugália, os voos foram cheios, "tendo registado uma ocupação de 100%".

O Negócios contactou a TAP, que até este momento não reagiu a estes dados publicados pela autarquia portuense. 

O anúncio do encerramento das ligações causou muita polémica na cidade, com várias associações a condenarem a companhia aérea pela decisão. 

O presidente da Câmara não deixou de referir as informações sobre a taxa de ocupação dos voos no seu Facebook. 

Agora, expliquem-me, de novo, porque vão ser suprimidos estes voos...

Publicado por Rui Moreira em Terça-feira, 2 de Fevereiro de 2016

A sua opinião10
Este é o seu espaço para poder comentar o nosso artigo. A sua opinião conta e nós contamos com ela.
Faltam 300 caracteres
Negócios oferece este espaço de comentário, reflexão e debate e apela aos leitores que respeitem o seu estatuto editorial, promovam a discussão construtiva e combatam o insulto. O Negócios reserva-se ao direito de editar, apagar ou mesmo modificar os comentários dos seus leitores se atentarem contra o bom senso e seriedade.O acesso a todas as funcionalidades dos comentários está limitada a leitores registados e a Assinantes.
comentar
mais votado Anónimo 03.02.2016

tanta coisa com a a transportadora aerea dos punheteiros!
deixem lá isso! a tap não quer, a ryanair e a easyjet aproveitam!
e a preços mais baixos!
fuck tap!!!

comentários mais recentes
Anónimo 03.02.2016



É preciso criar novos bancos e deixar falir todas as caixas de agiotagem que há em Lisboa. Há que lembrar que Bancos como Pinto de Magalhães, Borges& Irmão, BPA etc tudo isso estava no Norte e não dependiamos dos trapaçeiros de Lisboa que só tinha o BES falido

Anónimo 03.02.2016

Chegou a hora do Norte começar a tomar medidas para ultrapassar esta politica dos trapaçeiros.
O Norte tem de pensar em:

1) Criar uma companhia aerea para não dependermos dos politicos alfacinhas

Glorioso 03.02.2016

Já não há paciência para a choraminguice dos Portuenses...

Anónimo 03.02.2016

Mas que bonita foto que o Sr. Presidente da Camara colocou no seu facebook! Tirada desde os lugares da classe executiva! Pensei que os políticos tivessem que viajar em económica, parece que com o novo governo já foi revertida essa medida! Por outro lado, É grave ir contra a LOPD ao publicar caras de pessoas numa rede social sem que estas tenham sido avisadas ou informadas! Estes políticos são especialistas em dar tiros nos pés!

ver mais comentários
pub
pub
pub
pub