Aviação Lufthansa diz ser "único grupo de aviação de topo" a investir no Porto

Lufthansa diz ser "único grupo de aviação de topo" a investir no Porto

A companhia aérea alemã vai começar a voar entre o Porto e Munique em Abril. Numa altura em que está lançada a polémica por causa dos voos que a TAP cancelou a partir da Invicta.
Lufthansa diz ser "único grupo de aviação de topo" a investir no Porto
Bloomberg
Alexandra Noronha 08 de fevereiro de 2016 às 17:33

A Lufthansa vai começar a voar entre o Porto e Munique, a partir de 24 de Abril, anunciou a companhia aérea esta segunda-feira, 8 de Fevereiro.

A empresa alemã referiu, em comunicado, que irá levar a cabo "quatro voos por semana, aos domingos, às segundas-feiras, às quartas-feiras e às sextas-feiras. A operação irá ser realizada com um avião Airbus 320 com uma capacidade total de 162 passageiros em duas classes".


No mesmo comunicado, a Lufthansa diz-se "empenhada no desenvolvimento do negócio em Portugal" e reforça a oferta no nosso país, nomeadamente na região Norte. E deixa um recado, pela voz do director-geral da companhia, Michael Hutzelmann: "juntamente com os nossos parceiros Swiss e Brussels Airlines, o Grupo Lufthansa é o único grupo de aviação de topo a investir no aumento da operação a partir do Porto".

Estas declarações aparecem num dia em que o presidente da Câmara do Porto, Rui Moreira, acusou, novamente, a TAP de estar a desistir da cidade, pedindo que a empresa faça "serviço público" e mantenha as ligações que cortou a partir do aeroporto Sá Carneiro. A companhia aérea nacional vai voltar à esfera do Estado, depois de um acordo com o consórcio Gateway, que venceu a privatização. 


O comunicado da Lufthansa explica ainda que "este voo serve não só o mercado alemão e o Leste da Europa, como faz ligação à extensa rede de destinos da Lufthansa e dos seus parceiros da Star Alliance a partir de Munique". Com destaque para a Cidade do México, Riade, Nova Deli, Pequim, Hong Kong, Singapura, Banguecoque, Joanesburgo, São Francisco, Boston e Toronto, entre muitos outros, num total de mais de 350 ligações. 




pub