Aviação Ponte aérea da TAP Lisboa-Porto começa às 5:30 e termina às 22:25

Ponte aérea da TAP Lisboa-Porto começa às 5:30 e termina às 22:25

A companhia aérea passará a 27 de Março a ter 18 partidas de hora a hora de Lisboa para o Porto. Do Porto para a capital a TAP tem previstas ainda mais ligações, com horários extra em dias específicos.
Ponte aérea da TAP Lisboa-Porto começa às 5:30 e termina às 22:25
Maria João Babo 10 de fevereiro de 2016 às 16:29

A TAP divulgou esta quarta-feira os horários da ponte aérea entre Lisboa e Porto, com voos de hora a hora, que passará a realizar a partir de 27 de Março, e que já estão disponíveis no sistema de reservas.


Em comunicado, a companhia aérea explica que nesta operação será utilizada uma frota composta por aviões ATR72 da TAP Express (que substitui a PGA), bem como Embraer190 e aviões Airbus da TAP da família A320, sempre que a procura o justificar. Os aviões adquiridos à brasileira Azul serão "novos ou, no máximo, com cerca de um ano de antiguidade", garante a empresa.


As partidas de Lisboa serão 18 por dia, iniciando-se às 6:00 e tendo lugar a todas as horas certas até às 21:00. Depois desse voo, será ainda realizado um último às 22:25.


Já as partidas do Porto começam às 5:30, tendo lugar de hora a hora até às 21:30. De acordo com a TAP, às quintas-feiras e domingos haverá um voo também às 12:50. Às segundas, terças e quartas está agendada uma ligação às 14:50 e há ainda mais uma ligação do Porto a Lisboa às 20:15 que só não se realiza às quintas e domingos.

 

No comunicado, a TAP realça que com esta ponte aérea "oferece aos seus passageiros um produto de qualidade equivalente ao existente em vários países ligando as duas principais cidades", dando como exemplo as ligações Madrid/Barcelona, Rio/S. Paulo e Roma/Milão.

Com a divulgação destes horários, a empresa responde às acusações que o presidente da Câmara do Porto tem feito nos últimos dias.

Terça-feira, Rui Moreira tinha acusado a companhia de tentar acabar com o voo nocturno Lisboa-Porto "discretamente", o que fonte oficial da TAP negou no mesmo dia. 

No Portal de Notícias do Porto, dirigido pelo autarca, as críticas referiam ainda que o fim do voo nocturno "obrigará a que os passageiros de mais de 20 voos que provêm da Europa para Lisboa, entre as 19:30 e as 22:00, fiquem sem voo de ligação ao Porto e tenham que pernoitar em Lisboa, uma vez que o último voo entre as duas cidades passa a ser às 20 horas".

Além de que, dizia ainda, "mesmo este voo terá capacidade para apenas 68 passageiros, pois será operado num dos ATR-72, aviões a hélice ao serviço da companhia White, a que a TAP chamará TAP Express, mas que mais não são do que os aviões que a Azul tem subaproveitados no Brasil". "Nos Airbus, que até agora ligavam Lisboa ao Porto, cabiam pelo menos 124 passageiros, no caso do A319 - 100, o avião mais pequeno da TAP", sublinhava.

No comunicado divulgado esta quarta-feira, a TAP garante que continuará a utilizar Embraer e Airbus quando se justificar.



(Notícia actualizada às 16:44 com mais informação)




Saber mais e Alertas
pub