Aviação Rui Moreira: "Já conseguimos recuperar um voo"

Rui Moreira: "Já conseguimos recuperar um voo"

O presidente da Câmara do Porto diz que ao denunciar a intenção da TAP de suprimir o voo nocturno para Lisboa, a autarquia conseguiu que esta ligação se mantivesse.
Rui Moreira: "Já conseguimos recuperar um voo"
Bruno Colaço/Correio da Manhã
Maria João Babo 10 de fevereiro de 2016 às 12:51

O presidente da Câmara do Porto, que terça-feira, 9 de Fevereiro, acusou a TAP de ter decidido "discretamente" descontinuar o voo nocturno do Porto para Lisboa, que servia de ligação à Invicta para os passageiros que vinham de voos de médio curso, a partir da Europa, congratulou-se hoje, 10 de Fevereiro, por ter conseguido recuperar aquela ligação.


"A TAP tinha suprimido o voo da noite para Lisboa. Denunciámos a situação. De tarde afirmou que ainda estava a fazer os horários... e à noite que manteria o voo. Ainda bem que já conseguimos recuperar um voo que, como aqui se prova, estava mesmo suspenso", afirmou o autarca Rui Moreira nas redes sociais.

A TAP tinha suprimido o voo da noite para Lisboa, denunciamos a situação. De tarde afirmou que ainda estava a fazer os...


A autarquia culpou ainda a TAP de, apesar de ter anunciado uma "ponte aérea" entre Lisboa e Porto a partir de Março, não ter divulgado publicamente a supressão daquele voo "estratégico". E frisou ser já "impossível marcar voos para Abril nesse voo", o qual "a Câmara do Porto sabe ter sido descontinuado".

Ao início da noite de terça-feira, fonte oficial da transportadora aérea garantiu a continuidade do voo da noite Lisboa/Porto durante o Verão.


"Ao contrário do que está a ser divulgado, o horário de Verão da TAP, entre o Porto e Lisboa, integra também o voo de Lisboa que parte às 22:45", disse à Lusa a mesma fonte.


A companhia, explicou, "está ainda a fechar a totalidade dos horários que ligarão o Porto e Lisboa na 'ponte aérea' que se inicia a 27 de Março praticamente de hora a hora, mas pode garantir desde já que este horário será contemplado".


O presidente da Câmara do Porto, que tem criticado a estratégia da TAP para o aeroporto da cidade, voltou esta quarta-feira a acusar a companhia de ter tido a intenção de suspender aquele voo nocturno.


"A TAP tenta desmentir Câmara do Porto mas esbarra nas informações dadas pela própria empresa", escreve o site de notícias da autarquia, frisando que "ainda hoje é impossível reservar qualquer lugar no voo que a TAP decidiu discretamente suprimir, que agora parece querer retomar, mas para o qual não aceita reservas".


"A informação ontem divulgada pela Câmara do Porto é, portanto, verdadeira e teve origem em dados fornecidos pela própria companhia, a 14 de Janeiro, durante uma conferência de imprensa do presidente da TAP, Fernando Pinto e é conhecida de todos os operadores de viagens, por estarem impedidos de marcar passagens para o horário em causa", garante.

  

"Se, em face das notícias publicadas pelo Portal de Notícias do Porto, a TAP decidir reverter total ou parcialmente a sua estratégia de desvalorização do Aeroporto Francisco Sá Carneiro, repondo voos que decidiu suprimir, como foi o caso, a Câmara do Porto congratula-se", diz o site dirigido por Rui Moreira.




pub