Aviação Rui Moreira vs TAP. Quem ganha a guerra?

Rui Moreira vs TAP. Quem ganha a guerra?

As acusações subiram de tom na última semana. O Porto acusa a TAP de desinvestir na cidade e negligenciar o serviço público que lhe compete. Aqui vão sete frentes desta guerra.
Rui Moreira vs TAP. Quem ganha a guerra?
João Miguel Rodrigues/CM
Wilson Ledo 11 de fevereiro de 2016 às 18:43

"Esta é uma guerra séria." Rui Moreira avisou e está a travar o conflito com a companhia aérea TAP em várias frentes. O presidente da Câmara do Porto diz que as decisões da TAP são "um insulto à cidade do Porto", com o objectivo de reforçar a operação em Lisboa.

"No Norte temos sido uns carneiros e temo-nos deixado iludir com promessas sucessivas", comparou. Agora o "rebanho" vai ser convocado de outra maneira: "há-de chegar o tempo em que apelaremos à população da região para não voar na TAP".


Na rede social Facebook, Rui Moreira tornou-se mais incisivo (e frequente) nas críticas. E já contou com Rui Rio e com a Associação Comercial do Porto para aumentar o volume do protesto. O Negócios compilou as sete frentes de batalha.

A TAP tinha suprimido o voo da noite para Lisboa, denunciamos a situação. De tarde afirmou que ainda estava a fazer os...

Publicado por Rui Moreira em Quarta-feira, 10 de Fevereiro de 2016


1. A ELIMINAÇÃO DOS VOOS DE LONGO CURSO

Quarta-feira, 2 de Dezembro. A primeira acusação. Em entrevista à Renascença, o autarca dá conta que a TAP admite acabar com os voos de longo curso a partir do Porto. E deixa a ameaça: "se a TAP quer deixar o Porto, o Porto pode deixar a TAP". Dois dias depois, Fernando Pinto apressa-se a descartar esse cenário, admitindo contudo que seria necessário rever a estratégia para aquele destino.


2. O PROBLEMA DO "HUB" NO PORTO

Em cada acusação, uma palavra inglesa: "hub" ou plataforma giratória. "O aeroporto do Porto é um ‘hub’ da Ryanair", posicionou no início de Fevereiro para demonstrar o desinvestimento da TAP no aeroporto Francisco Sá Carneiro. Em resposta, o Governo esclareceu que este aeroporto é "estrategicamente, uma base operacional relevante, mas não é um ‘hub’".


3. AS QUATRO ROTAS ELIMINADAS

A TAP anunciou que iria suprimir rotas entre o Porto e outras quatro cidades europeias: Bruxelas, Milão, Roma e Barcelona. Agora que o Estado voltou a ter metade da empresa, Rui Moreira exigiu que o Governo de António Costa tomasse medidas para que esta decisão voltasse atrás, até porque esses voos apresentavam uma ocupação a rondar os 90%. Apesar de garantir ter um peso forte na definição da estratégia da TAP, o Executivo já fez saber que não vai interferir nesta questão: "Essa é uma decisão da comissão executiva". A TAP diz que as rotas não são rentáveis e assegura que estes serão os únicos quatro cancelamentos na cidade.


4. O VOO NOCTURNO LISBOA-PORTO

"Suprimir discretamente". Foi esta a expressão que o autarca utilizou para dar conta de uma intenção da TAP em eliminar o voo das 22:30 entre Lisboa e Porto. Segundo a Câmara do Porto, o último voo passaria a ser realizado às 20 horas, com menor capacidade, "obrigando a dormir" em Lisboa milhares de turistas com destino ao Porto. A TAP descartou logo o cenário e acabou por responder com os horários da ponte aérea que arranca em Março, onde aparece a opção das 22:25 e ainda outra às 21 horas.

5. O VOO NOCTURNO PARA GATWICK

Rui Moreira acusou também a TAP de eliminar o voo nocturno entre Gatwick, em Londres, e o Porto. A companhia nunca confirmou esse cenário.


6. O REFORÇO DAS OUTRAS COMPANHIAS

Para mostrar que o Sá Carneiro é um aeroporto estratégico, Rui Moreira tem contado com uns aliados inesperados: companhias aéreas de todo o mundo. Turkish Airlines, Air Andorra, Transavia, British Airways e Lufthansa anunciaram a criação de novas rotas naquele sentido a partir de Março. Alemanha e Inglaterra são os países que mais beneficiam com estas mudanças.

7. A TROCA DE ACUSAÇÕES COM VIGO

A guerra de Rui Moreira não se dirige só a Lisboa. Há uma escala em Vigo, para onde a TAP criará uma nova ligação para a capital portuguesa. O presidente daquela cidade espanhola quer que a União Europeia investigue as declarações de Rui Moreira, que tinha contestado a intenção da transportadora em abrir aquela ligação. "Até pode chamar a PIDE. O presidente da Câmara do Porto não recebe lições de Vigo", reagiu Rui Moreira.

Welcome British Airways. Welcome to Porto. #BritishAirways #Porto #AeroportodoPorto #portoponto #London #Gatwick#TimeOut #TimeOutLondon

Publicado por Rui Moreira em Terça-feira, 9 de Fevereiro de 2016
tome nota
O que mudou na TAP? No passado fim-de-semana, o Governo de António Costa e o consórcio Atlantic Gateway – de Humberto Pedrosa e David Neeleman – acordaram uma nova estrutura accionista para a TAP.

O Estado passaria a ter metade da empresa, com os privados a assegurar a gestão operacional da mesma.

Pedrosa e Neeleman passam a ficar com 45% da transportadora – face aos 61% acordados em Junho de 2015 – recebendo 1,9 milhões de euros por esta redução.






Notícias Relacionadas
pub