Aviação TAP lança "ponte aérea" entre Lisboa e Porto

TAP lança "ponte aérea" entre Lisboa e Porto

A TAP vai avançar com mais voos entre Lisboa e Porto. Serão 16 voos diários com um preço a partir dos 39 euros, anunciou a transportadora. A maioria será operada pela nova marca, que substitui a Portugália.
A carregar o vídeo ...
Wilson Ledo 14 de janeiro de 2016 às 12:57

A TAP vai criar uma "ponte aérea" entre Lisboa e Porto, com partidas de aviões de hora em hora nas duas cidades. Serão 16 voos diários de ida e volta, com preços a partir dos 39 euros, anunciou o presidente da companhia, Fernando Pinto.

 

A maioria dos voos – 114 por semana – serão operados pela TAP Express, a marca que irá substituir a Portugália aquando da sua renovação de frota.

 

A intenção é arrancar com estas viagens já em Março, entrando em "competição com o comboio e até com o sistema de autocarro", divulgou o gestor em conferência de imprensa esta quinta-feira, 14 de Janeiro.

 

Para tal, a TAP está a negociar com a ANA – a gestora dos aeroportos nacionais – a criação de um canal de entrada exclusivo para estes voos, acelerando a rapidez do embarque.

 

Fernando Pinto acredita que haverá procura suficiente para esta nova modalidade, destacando a frequência dos voos como a "maior força" face às concorrentes "low cost" [de baixo custo], nomeadamente a Ryanair que faz essa ligação.

 

Outra das vontades é a da manutenção do "hub" [plataforma giratória] em Lisboa, considerada a "fortaleza" da TAP. Na capital, serão criadas 59 novas frequências semanais para os destinos já existentes. Estas juntam-se às 57 novas frequências criadas pela ponte aérea Lisboa-Porto.

 

Na cidade Invicta, a garantia é de manutenção de todos os voos de longo curso.

 

Quanto aos planos de reforçar a oferta para os Estados Unidos da América, uma das promessas do consórcio Atlantic Gateway formado por Humberto Pedrosa e David Neeleman aquando da privatização da empresa, a TAP garante estar a trabalhar nesse sentido.

 

"Ainda não há oficialmente nada lançado", apontou Fernando Pinto, revelando contudo que a companhia está à procura de dois novos aviões e espera lançar dois novos destinos norte-americanos ainda este ano.


(Notícia actualizada às 15:25 com mais informação)




Notícias Relacionadas
pub