Transportes António Mota: "O México é o futuro do crescimento do grupo Mota-Engil"

António Mota: "O México é o futuro do crescimento do grupo Mota-Engil"

"Angola deixou de ser o maior mercado, o México será em 2016 o maior mercado do grupo Mota-Engil, com uma facturação de 500 milhões de euros", afirmou António Mota, "chairman" do grupo, no Porto.
António Mota: "O México é o futuro do crescimento do grupo Mota-Engil"
Rui Neves 11 de maio de 2016 às 15:32

A quebra de actividade em Angola e o sucesso da presença da Mota-Engil no México vai transformar este país "no maior mercado do grupo em 2016, com uma facturação de 500 milhões de euros", afirmou o "chairman" do grupo, no Porto, na abertura do Seminário Económico Mexico-Portugal.

 

"Temos uma excelente direcção no México, que fez crescer a nossa facturação, em cinco anos, de 50 para 500 milhões de euros", realçou António Mota.

 

A propósito, em entrevista à revista interna Sinergia, António Mota admitia internacionalizar para o México a EGF (Empresa Geral de Fomento), a companhia de resíduos adquirida no ano passado. "Temos recebido um forte sinal de que devemos ir para o México", afirmou.

 

Esta quarta-feira, 11 Maio, no Porto, no Seminário Económico México-Portugal, o "chairman" da Mota-Engil falou do México com paixão: "É um país onde podemos concretizar a ambição que nunca me faltou. É um povo excelente e tem um governo excelente, cheios de ambição, e que tem uma classe empresarial que mede meças com a europeia. E assim fizemos parcerias em várias áreas", rematou o empresário.

 

(Notícia actualizada às 15:45)




Saber mais e Alertas
pub