Transportes Governo indica Carlos Gomes Nogueira para liderar CP

Governo indica Carlos Gomes Nogueira para liderar CP

O nome do gestor foi indicado pelo Governo à CReSAP para liderar a transportadora ferroviária no próximo triénio. Sérgio Abrantes Machado e Ana dos Santos Malhó serão os outros administradores.
Governo indica Carlos Gomes Nogueira para liderar CP
Paulo Zacarias Gomes 19 de junho de 2017 às 12:24
Carlos Gomes Nogueira (na foto), antigo administrador da Groundforce, vai ser o novo presidente da CP, substituindo Manuel Queiró no cargo. O anúncio foi feito esta segunda-feira, 19 de Junho, pelo Ministério do Planeamento e Infra-estruturas, em comunicado.

O nome de Carlos Nogueira foi indicado à Comissão de Recrutamento e Selecção para a Administração Pública (CReSAP), tal como o dos dois administradores que o acompanharão no mandato 2017-2020: Sérgio Abrantes Machado e Ana dos Santos Malhó. Caberá agora à comissão pronunciar-se sobre a nomeação.

Carlos Gomes Nogueira, licenciado em gestão de empresas pelo ISCTE e com mais de 30 anos de experiência, estava até agora na Europartners, empresa especializada no desenvolvimento, inovação e reestruturação de empresas. De 2011 a 2014 integrou a administração da Groundforce, empresa de "handling" nos aeroportos.

Do seu currículo consta a passagem por empresas como a BDO, o Banco Pinto & Sotto Mayor, a Lusotur (Vilamoura), Altitude Software e pelo grupo Banif (administrador da Açoreana Seguros e da Banif Imobiliária).

Foi ainda fundador e dirigente da Confederação do Turismo Português e é professor auxiliar convidado do ISCTE-IUL, instituto de que integra o conselho directivo.

Sérgio Abrantes Machado, quadro da CP - fez parte da comissão de ética da transportadora - foi administrador da EMEF, a empresa de manutenção e equipamento ferroviário, no mandato 2007-2010. Nesta empresa, de acordo com o Sindicato Democrático Nacional da Ferrovia, tomou posse como director-geral a 28 de Abril passado. Licenciado em Engenharia Electrotécnica e de Computadores, é mestre em Ciências da Electricidade e tem um MBA em Finanças pela Universidade Católica.

Do sector ferroviário vem também a nova administradora Ana dos Santos Malhó, que desde 2013 estava na equipa directiva da EMEF. Regressa à CP, onde tinha sido directora financeira. Na CP Carga - entretanto vendida ao grupo MSC - tinha sido vogal do conselho fiscal. É licenciada em Administração e Gestão de Empresas e representante para as relações com o mercado da CP.

"O novo CA da CP, EPE terá como prioridades o desenvolvimento de uma política que contribua para a coesão territorial do país, a renovação estratégica do material circulante e a reestruturação orgânica da empresa," conclui o comunicado.

A liderança da empresa de comboios estava entregue, desde Fevereiro de 2013 (mandato 2013-2105), ao ex-deputado e engenheiro civil Manuel Queiró.

(Notícia actualizada às 13:26 com mais informação)

A sua opinião6
Este é o seu espaço para poder comentar o nosso artigo. A sua opinião conta e nós contamos com ela.
Faltam 300 caracteres
Negócios oferece este espaço de comentário, reflexão e debate e apela aos leitores que respeitem o seu estatuto editorial, promovam a discussão construtiva e combatam o insulto. O Negócios reserva-se ao direito de editar, apagar ou mesmo modificar os comentários dos seus leitores se atentarem contra o bom senso e seriedade.O acesso a todas as funcionalidades dos comentários está limitada a leitores registados e a Assinantes.
comentar
comentários mais recentes
Anónimo Há 5 dias

Tens uma pinta que não engana ninguém ...

Camponio da beira Há 5 dias

Eu até sugeria, para o conselho de administração, dias loureiro, o.costa, o sr. silva, salgado,tomé, rendeiro, socrates, vara e bava.Ah, esquecia-me do gajo dos submarinos,(tão uteis agora no combate aos incendios...

Ventura Santos Há 5 dias

Se passou pela BDO, Sotto Mayor e Banif então é dos bons ! Um verdadeiro PRO ! Vendam CP rápido ! Ah, não tem ações cotadas ?! Então, emigrem, vite, vite !!

Anónimo Há 5 dias

vale tudo menos arrancar olhos!
País de shit esse. Do governo até quem nele vota. Shit place!

ver mais comentários
pub