Transportes Greve de dois dias na CP suprimiu 46,4% dos serviços

Greve de dois dias na CP suprimiu 46,4% dos serviços

Os serviços urbanos de Lisboa foram os mais afectados pela paralisação realizada pelos trabalhadores da CP a 12 e 13 de Junho, tendo-se efectuado menos de metade dos comboios programados.
Greve de dois dias na CP suprimiu 46,4% dos serviços
Diogo Pinto/Correio da Manhã
Negócios 14 de junho de 2018 às 15:32

A CP - Comboios de Portugal informou esta quinta-feira, 14 de Junho, que, em resultado da greve que ocorreu nos dias 12 e 13, o nível de supressões registado nos serviços da empresa, no conjunto dos dois dias, correspondeu a 46,4%.

Em comunicado, a CP discrimina que nos serviços de longo curso efectuaram-se 78,5% dos comboios programados, enquanto no serviço regional realizaram-se 63,2% dos comboios programados. Já nos serviços urbanos de Lisboa concretizaram-se 43,3% dos comboios programados, tendo sido este o serviço mais afectado pela paralisação.

As supressões de comboios, nestes dois dias de greve - que foi já a segunda paralisação este mês - terão tido um impacto de 700 mil euros, segundo estimou o presidente da empresa na terça-feira.

Na anterior greve, que teve lugar a 4 de Junho, a CP estimou que a perda de receita tenha sido de 1,3 milhões de euros.

Os sindicatos têm já agendadas novas greves para 23 e 24 de Junho, sendo as razões do protesto dos trabalhadores a circulação de comboios com um só agente.




Saber mais e Alertas
pub