Transportes Investimentos nos metros de Lisboa e Porto serão candidatos ao Plano Juncker

Investimentos nos metros de Lisboa e Porto serão candidatos ao Plano Juncker

O ministro do Ambiente diz ter dado já indicações aos conselhos de administração para prepararem e consensualizarem projectos este ano, para que possam avançar em 2017. 
Investimentos nos metros de Lisboa e Porto serão candidatos ao Plano Juncker
Bruno Simão/Negócios
Maria João Babo 01 de março de 2016 às 12:13

O ministro do Ambiente, João Pedro Matos Fernandes, afirmou esta terça-feira no Parlamento a possibilidade de os projectos de investimento dos metros do Porto e de Lisboa serem candidatos a financiamento no âmbito do plano Juncker.

 

O responsável disse terem já sido dadas indicações aos conselhos de administrações dos metros para prepararem projectos e os consensualizarem, de forma a que em 2017 possam ser iniciados os investimentos, designadamente no alargamento da sua rede.

 

Segundo explicou, estes projectos "só encontram uma fonte de financiamento que é o Plano Juncker", admitindo a intenção de os candidatar a essas verbas.

 

O responsável disse, contudo, não ter capacidade de quantificar neste momento estes projectos, frisando que o actual Executivo encontrou estas "empresas exauridas", sem quaisquer planos de investimento previsto.




pub