Transportes Preços das portagens devem aumentar 1,4% em 2018 (correcção)

Preços das portagens devem aumentar 1,4% em 2018 (correcção)

O índice de preços ao consumidor de Outubro, sem habitação, que serve de referência à actualização anual das portagens, foi de 1,42%, sendo essa a proposta que as concessionárias de auto-estradas irão fazer chegar ao Governo para o próximo ano.
Preços das portagens devem aumentar 1,4% em 2018 (correcção)
Bruno Simão/Negócios
Maria João Babo 13 de novembro de 2017 às 11:27

As concessionárias de auto-estradas deverão propor ao Governo a actualização das taxas de portagem em 2018 em 1,42%, tendo em conta o índice de preços ao consumidor em Outubro, excluindo habitação, divulgado esta segunda-feira pelo Instituto Nacional de Estatística, que serve se referência a essa actualização de preços.

A Brisa, como outras concessionárias, tem de entregar ao Governo até 15 de Novembro a sua proposta para a actualização das portagens para entrar em vigor a 1 de Janeiro de 2018.

Depois de três anos em que as taxas de portagem praticamente não sofreram actualizações, em 2017 houve já algum impacto nos preços para os utilizadores das auto-estradas, tendo havido aumentos em 22% das taxas, entre cinco e dez cêntimos na classe 1.


A dimensão da subida que terá lugar a 1 de Janeiro de 2018 irá ainda ser apurada em cada troço, já que o método de actualização das portagens inclui um mecanismo de arredondamento das taxas para o múltiplo de cinco cêntimos mais próximo. Ou seja, se os aumentos forem inferiores a 2,5 cêntimos a portagem manter-se-á inalterada, enquanto se o aumento for superior a 2,5 cêntimos há um arredondamento automático para cinco cêntimos.

(corrige valor do aumento previsto, uma vez que o valor de referência é o IPC de Outubro sem habitação e não a variação média dos 12 meses até Outubro do IPC sem habitação)

 

 




Saber mais e Alertas
pub