Turismo & Lazer Aeroporto de Faro ampliado pode receber três mil passageiros por hora

Aeroporto de Faro ampliado pode receber três mil passageiros por hora

A gare foi alvo de remodelações e ampliação, num investimento de 32,8 milhões de euros. A pista passa a poder receber 30 movimentos de aviões por hora, face aos anteriores 24.
Aeroporto de Faro ampliado pode receber três mil passageiros por hora
Wilson Ledo 17 de julho de 2017 às 14:45

O aeroporto de Faro vai ter capacidade para processar até três mil passageiros por hora depois das obras de ampliação inauguradas esta segunda-feira, 17 de Julho.

 

A empreitada, avaliada em 32,8 milhões de euros, vai assim alargar a capacidade antes fixada nos 2.400 passageiros por hora.

 

A gare passa a ter mais 11.920 metros quadrados, num total de 93.120. Estão abrangidas as áreas de recolha de bagagem, novos postos de controlo de passaportes bem como o espaço dedicado a lojas e restaurantes.

 

A pista passa a poder receber 30 movimentos de aviões por hora, face aos anteriores 24. Já a capacidade do estacionamento varia entre as 30 e as 37 aeronaves.

 

Um dos objectivos passa por dar resposta à procura crescente das companhias de baixo custo. "Esta realidade resulta de um novo perfil de passageiros, com novas necessidades e que tende a permanecer mais tempo no terminal", justifica a gestora aeroportuária ANA Aeroportos.

 

Em 2016, o aeroporto de Faro registou mais de sete milhões de passageiros, com o maior crescimento homólogo a nível nacional: 18,5%.




A sua opinião0
Este é o seu espaço para poder comentar o nosso artigo. A sua opinião conta e nós contamos com ela.
Faltam 300 caracteres
Negócios oferece este espaço de comentário, reflexão e debate e apela aos leitores que respeitem o seu estatuto editorial, promovam a discussão construtiva e combatam o insulto. O Negócios reserva-se ao direito de editar, apagar ou mesmo modificar os comentários dos seus leitores se atentarem contra o bom senso e seriedade.O acesso a todas as funcionalidades dos comentários está limitada a leitores registados e a Assinantes.
comentar
pub