Turismo & Lazer "Devíamos ter uma opção mais duradoura que passaria por fazer um aeroporto de raiz"
Conteúdo exclusivo para Assinantes Negócios Premium Se já é assinante, faça LOGIN

"Devíamos ter uma opção mais duradoura que passaria por fazer um aeroporto de raiz"

Jorge Rebelo de Almeida, presidente do grupo Vila Galé, acredita que Lisboa devia ter um aeroporto novo, expansível.
A carregar o vídeo ...

Jorge Rebelo de Almeida defende que a solução para Lisboa passa pela construção de um novo aeroporto com possibilidade de expansão. E até defende a existência da infra-estrutura de Beja.

Ter o Montijo em 2022 vai a tempo?
Há 10 anos achava que a solução que se devia ter feito era manter a todo o custo a Portela por o maior período de tempo.


O que defende agora?
Agora acho que devíamos ser um pouquinho mais ambiciosos. À época, ao então primeiro-ministro manifestei várias vezes a opinião de que discordava em absoluto da Ota, que me parecia um disparate tremendo. E,  embora tenha muita dificuldade em falar desenvolvidamente sobre isto porque é um tema muito específico que obriga a muito estudo, acho que hoje devíamos ter uma opção mais duradoura, mais ambiciosa e que passaria por fazer um aeroporto de raiz, expansivo. Podíamos ter uma pista excelente com quatro quilómetros, com espaço para fazer uma segunda pista se viesse alguma vez a ser necessária. Estar lá o espaço garantido e acautelado, e começar por fazer uma infra-estrutura aeroportuária relativamente simples para ir crescendo em função das necessidades, até no limite poder substituir integralmente a Portela se algum dia isso viesse a justificar-se. Isso, em minha opinião, e das hipóteses que estavam em cima da mesa, chama-se Alcochete. Que seria uma solução. Tenho receio de que o dinheiro que se vai gastar no Montijo... Enfim, se o Montijo já tivesse sido decidido até seria diferente, mas hoje  ainda não foi decidido. A Portela ainda consigo alargá-la um bocadinho alargando o período de utilização nocturna, aumentando os "taxi ways" que é para os aviões quando aterrarem saírem logo da pista para dar espaço e maior rotatividade, e criando mais área porque o Figo Maduro tem espaço para algum crescimento. É uma solução definitiva de futuro? Não é.

Uma coisa que neste país é preocupante é a falta de investimento público. jorge rebelo de almeida
presidente do grupo vila galé

Portanto, um novo aeroporto em Alcochete ou em Lisboa seria uma infra-estrutura prioritária, a seu ver, que devia ser lançada?
Seria e nós temos exemplos de que construir aeroportos tem grandes vantagens, dá uma movimentação ao país porque cria a oportunidade de muitas empresas portuguesas poderem participar porque o aeroporto envolve tudo e em termos tecnológicos é uma grande rampa de crescimento para muitas empresas, não só para empresas de obras públicas. E uma coisa que neste país é preocupante é a falta de investimento público. Nós precisamos de mais investimento público. E eu sei e defendo que o principal investimento num país é o privado... É evidente que não nos vamos pôr a fazer mais auto-estradas…

E faz sentido ter uma infra-estrutura como o aeroporto de Beja naquele sítio?
O aeroporto de Beja foi uma obra de pouco custo. A ideia que tenho na época foi que foi um investimento de 25 milhões de euros.

Têm um empreendimento perto de Beja. Faz algum sentido para vocês ter uma infra-estrutura daquelas?
Não há hoje, infelizmente, no Alentejo dimensão de negócios que justifique o aeroporto. Este ano há até a novidade de que vários voos para Tenerife e para as Canárias vão sair de Beja. Portanto, vai passar a ser utilizada. Beja tem, de facto, uma localização boa, é um lugar onde não há problemas climáticos em termos de nevoeiros e por isso é sempre um aeroporto de recurso e ele está lá. Eu acredito que um destes dias vamos acordar com alguém com uma ideia de aproveitamento daquele aeroporto e ele está lá e é bom que esteja lá. Já o Montijo ainda ninguém, preto no branco, disse o que vai ser. Até temos alguma preocupação com isso porque pode ser um factor que limite o nosso crescimento turístico.

Um dia destes alguém vai ter uma ideia para o aeroporto de Beja e ele está lá e é bom que esteja lá. jorge rebelo de almeida
presidente do grupo vila galé
)

Conteúdo exclusivo para Assinantes Negócios Premium
Assine e aceda sem limites, no pc e no smartphone Assinar por 1€ por 1 mês



Notícias só para Assinantes
Análise, informação independente e rigorosa..
Para saber o que se passa em Portugal e no mundo, nas empresas, nos mercados e na economia.
Notícias e conteúdos exclusivos no website e aplicações móveis
Newsletter diária exclusiva para assinantes
Acesso ao epaper a partir das 22:00
Saiba mais
Saber mais e Alertas
pub