Turismo & Lazer Lucros da Ibersol crescem 70% no primeiro trimestre

Lucros da Ibersol crescem 70% no primeiro trimestre

A empresa de restauração, dona de marcas como Pizza Hut, KFC e Pans, fechou os primeiros três meses do ano com lucros de 3,47 milhões de euros – um resultado líquido que ultrapassa em 70% o do mesmo período do ano anterior.
Lucros da Ibersol crescem 70% no primeiro trimestre
Ana Batalha Oliveira 05 de junho de 2018 às 17:54

A Ibersol reportou lucros de 3,47 milhões de euros no primeiro trimestre de 2018, uma escalada de 70,3% face ao mesmo período do ano passado, quando ascendeu a 1,99 milhões. Este resultado líquido supera grandemente as estimativas do CaixaBI, que apontava para lucros de 2,6 milhões de euros.


"A evolução positiva do mercado da restauração na Península Ibérica, conjugada com os efeitos das aberturas ocorridas ao longo de 2017" são os grandes impulsionadores dos lucros da Ibersol no primeiro trimestre, informa a empresa no comunicado dos resultados.

O bom desempenho em Portugal e Espanha conseguiu "minimizar o impacto da redução do volume de negócios em Angola, provocada pela acentuada desvalorização cambial e pelo decréscimo no consumo", acrescenta a empresa no relatório e contas trimestral.  

A moeda angolana desvalorizou cerca de 40%, "apenas repercutida em 15% nos preços de venda, com importante reflexo no EBITDA", explica a Ibersol. O EBITDA situou-se nos 11,1 milhões de euros, um aumento de 6% face a igual período do ano passado.

O volume de negócios ascendeu a 100,3 milhões de euros, com as vendas na restauração a contribuírem com 98,47 milhões. Os balcões foram responsáveis por cerca de metade destas receitas – 47,23 milhões de euros – "com ganhos de quota de mercado e com taxas de crescimento influenciadas por um maior número de unidades em operação".

Já os ganhos com os restaurantes e concessões de catering equilibram-se perto da fasquia dos 25 milhões. No segmento dos restaurantes, a empresa destaca o impulso dado pela cadeia Pizza Hut.

A Ibersol tem actualmente 646 lojas, das quais 504 são próprias e as restantes franquiadas. Até ao final do primeiro trimestre, abriram três novos restaurantes das marcas PH e KFC em Portugal e uma unidade de concessão e uma Pans em Espanha. No mesmo período encerraram seis lojas, quatro franquiadas, "dando continuidade ao processo de avaliação da rede em Espanha", assinala a empresa.

Quanto ao futuro, "a Ibersol manterá a operação dos actuais restaurantes nos termos contratados e terá de acordar com a Telepizza o desenvolvimento de novas localizações e as renovações dos contratos". Isto, quando a Pizza Hut concordou ceder "os direitos inerentes a uma master franquia" à Telepizza.

O endividamento do grupo de restauração situa-se nos 73,3 milhões de euros, 9,7 milhões abaixo do mesmo período do ano anterior.




pub