Bolsa A fusão de acções será boa ou má para o BCP?
Assinatura Digital. Negócios Primeiro Para ler tudo faça LOGIN ou ASSINE

A fusão de acções será boa ou má para o BCP?

O banco liderado por Nuno Amado quer sair do grupo das chamadas "acções de cêntimos" e dar maior estabilidade aos títulos. Para os analistas, a operação traz vantagens mas também desvantagens. No longo prazo, contudo, o balanço será favorável para o BCP.
A fusão de acções será boa ou má para o BCP?
Patrícia Abreu 30 de março de 2016 às 00:01

Um lote de 193 acções do BCP vai passar a dar lugar apenas a um título do banco. É assim que será feita a renominalização das acções. A operação pretende reduzir a volatilidade

Assinatura Digital. Negócios Primeiro
Para ler tudo faça LOGIN ou ASSINE
Análise, informação independente e rigorosa.
Para saber o que se passa em Portugal e no mundo,
nas empresas, nos mercados e na economia.
  • Inclui acesso ao ePaper, a versão do Negócios tal como é impresso em papel. Veja aqui.
  • Acesso ilimitado a todo o site negocios.pt
  • Acesso ilimitado via apps iPad, iPhone, Android e Windows
Saiba mais

A sua opinião16
Este é o seu espaço para poder comentar o nosso artigo. A sua opinião conta e nós contamos com ela.
Faltam 300 caracteres
Negócios oferece este espaço de comentário, reflexão e debate e apela aos leitores que respeitem o seu estatuto editorial, promovam a discussão construtiva e combatam o insulto. O Negócios reserva-se ao direito de editar, apagar ou mesmo modificar os comentários dos seus leitores se atentarem contra o bom senso e seriedade.O acesso a todas as funcionalidades dos comentários está limitada a leitores registados e a Assinantes.
comentar
mais votado AVerVamos Há 3 semanas

Esta decisão é boa para o BCP, sair das "penny stocks"..Qualquer investidor internacional, por certo menos a par do dia-a-dia do banco, não se sente atraido por este tipo de títulos. Principalmente se comparar com congéneres..
Contudo, por displicência (não acredito) ou intencionalmente (por certo que sim), o timming é o menos apropriado!!! Para outros, numa tentativa de entrar no capital da empresa é petróleo a jorrar à superficie, pois existe espaço para o título afundar (não pela operação de reverse stock split), mas associado à conjuntura CaixaBanck/Santoro, e ao "EVENTUAL" aumento de capital (sugerido aos actuais accionistas não ser subscrito???!!!) para entrada de NOVOS investidores (que o CE do BCP diz desconhecer).
Vá-se lá perceber porquê...
Para esclarecer estas dúvidas é aconselhável contactar o ACCIONISTA ACosta (AKA PM), AKA CEO BCP, AKA Presidente CA BCP, ou um seu representante, Marcelo Rebelo de Sousa! Alternativamente contactar o Largo do Rato para ser canalizado para as personalidades OBSCURAS..

comentários mais recentes
Accionistas enganados, votem contra Há 2 semanas

Esta aposta do banco, só serve para roubar as pessoas que apostaram no banco quando as acções estavam nos 4 euros e foram apostando cada vez mais com a caída do valor da acção para tentar recuperar. Facilmente as acções podem dobrar a 0,04, mas a 6 00 ou 8,00, jamais acontecerá

Marco Há 3 semanas

Busquemos as sábias palavras do nosso ex-PM: é bom para Portugal mas é mau para os portugueses. Que sapiência! Que calças!

Anónimo Há 3 semanas

Os accionistas ainda vão perder mais... pois as Ações vão ficar com mais margem para descer... basta ver o que aconteceu a glintt e as cotações do BCP não param de cair... ideias brilhantes de pessoas mesmo ignorantes...

Anónimo Há 3 semanas

Não é preciso ler qualquer artigo para saber que a operação é óptima para o BCP e péssima para os accionistas. O Banco ganha credibilidade com títulos de maior valor e ganha margem repetir grandes quedas outra vez. Há quem tenha dado 4,00eur por estes títulos e tenha perdido mais de 99%.

ver mais comentários
Notícias só para Assinantes
Exclusivos, análise, informação independente e credível. Para saber o que se passa em Portugal e no mundo, nas empresas, nos mercados e na economia. Inclui acesso à versão ePaper.
Mais uma forma de ler as histórias
da edição impressa do Negócios.
Se ainda não é Assinante Saiba mais
pub
pub
pub
pub