Bolsa Accionista britânico da Novabase duplica posição para 10%

Accionista britânico da Novabase duplica posição para 10%

Em Junho, a empresa do ramo de gestão de activos IBIM2 Limited tinha 5,13% da Novabase. Na passada terça-feira, anunciou que possuía uma participação superior a 10,01%. O reforço foi anterior ao anúncio do dividendo extraordinário.
Accionista britânico da Novabase duplica posição para 10%
Bruno Simão
Diogo Cavaleiro 02 de outubro de 2017 às 18:21

A Novabase tem um novo accionista com mais de 10%. A IBIM2 Limited superou a fasquia dos 10% na semana passada, anunciou esta segunda-feira a empresa tecnológica em comunicado à Comissão do Mercado de Valores Mobiliários (CMVM).

 

"A Novabase – Sociedade Gestora de Participações Sociais, S.A. ("Novabase") informa, nos termos e para os efeitos do disposto nos artigos 17.º do Código dos Valores Mobiliários e 2.º do Regulamento da CMVM n.º 5/2008, que lhe foi comunicado que a sociedade IBIM2 Limited adquiriu, no dia 26 de Setembro de 2017, em mercado regulamentado, 95.000 acções", indica a nota.

 

Com esta aquisição, a posição da sociedade ficou reforçada: "A IBIM2 Limited passou a deter uma participação correspondente a 3.144.217 acções representativas de 10,01% do capital social da Novabase e correspondentes direitos de voto".

 

Esta é uma participação distinta da que consta do relatório e contas do primeiro semestre. No final de Junho de 2017, a sociedade com sede no Reino Unido e que está na indústria da gestão de activos detinha 1.610.145 títulos da Novabase, o que correspondia a 5,13%.

 

Ou seja, a accionista veio reforçando, nestes meses, a sua posição na tecnológica liderada por Luís Paulo Salvado (na foto). A aquisição que a fez superar a fasquia dos 10% – o que obrigou à comunicação à CMVM – foi no passado dia 26.

 

Esse facto ocorreu um dia antes de a administração da Novabase propor a distribuição de um dividendo aos accionistas extraordinário de 50 cêntimos, cuja decisão será tomada a 26 de Outubro na assembleia-geral.

 

A principal accionista da Novabase é a HNB, empresa de que são accionistas vários gestores da empresa, como o próprio Luís Paulo Salvado, com 27% do capital, em Junho. Juntamente com várias participações individuais incluídas de gestores e outros investidores, a HNB tem um acordo parassocial, a cujas partes é imputada uma participação total de 40%. 

 

Já a Partbleu, de Pais do Amaral, detém 10,1% da Novabase, próxima da posição da IBIM2 Limited. A gestora de activos do Santander e Fernando Fonseca Santos detêm, cada um, participações em torno de 5%, a que acrescem ainda as posições de 3,3% de Maria Oliveira Martins e de 2,13% da Lazard. 

 

Na bolsa de Lisboa, a Novabase fechou hoje a recuar 0,83% para 3,60 euros, depois de ter disparado após a proposta de dividendo.




A sua opinião6
Este é o seu espaço para poder comentar o nosso artigo. A sua opinião conta e nós contamos com ela.
Faltam 300 caracteres
Negócios oferece este espaço de comentário, reflexão e debate e apela aos leitores que respeitem o seu estatuto editorial, promovam a discussão construtiva e combatam o insulto. O Negócios reserva-se ao direito de editar, apagar ou mesmo modificar os comentários dos seus leitores se atentarem contra o bom senso e seriedade.O acesso a todas as funcionalidades dos comentários está limitada a leitores registados e a Assinantes.
comentar
mais votado AB Há 2 semanas

Antes do anúncio... entendi.

Tudo normal, não se passa nada. Só neste País!

comentários mais recentes
MATARAM o leitão da coreia do norte Há 2 semanas



mataram o porco da coreia do norte ASSARAM - NO e ninguém nos convidou para a festa ó sr TRUMP sinceramente isto nem parece SEU

Sempre a lavar Há 2 semanas

Lavandaria SA

AB Há 2 semanas

Antes do anúncio... entendi.

Tudo normal, não se passa nada. Só neste País!

Alt Há 2 semanas

É aquilo que em linguagem baixa se chama pilhagem por ter informação preveligiada.

ver mais comentários
pub
pub
pub
pub