Bolsa Acções da Brisa entre a permanência e o preço para sair de bolsa
Assinatura Digital. Negócios Primeiro Para ler tudo faça LOGIN ou ASSINE

Acções da Brisa entre a permanência e o preço para sair de bolsa

Tirar a Brisa de bolsa ou mantê-la cotada, eis a questão. A questão que a CMVM está para responder há exactamente três meses. E da resposta depende a evolução próxima das acções da concessionária, que depois da OPA caíram, afastando-se da contrapartida oferecida pela Tagus.
Diogo Cavaleiro 03 de Dezembro de 2012 às 23:30

Tirar a Brisa de bolsa ou mantê-la cotada, eis a questão. A questão que a CMVM está para responder há exactamente três meses. E da resposta depende a evolução próxima das acç

Assinatura Digital. Negócios Primeiro
Para ler tudo faça LOGIN ou ASSINE
Análise, informação independente e rigorosa.
Para saber o que se passa em Portugal e no mundo,
nas empresas, nos mercados e na economia.
  • Inclui acesso ao ePaper, a versão do Negócios tal como é impresso em papel. Veja aqui.
  • Acesso ilimitado a todo o site negocios.pt
  • Acesso ilimitado via apps iPad, iPhone, Android e Windows
Saiba mais



A sua opinião4
Este é o seu espaço para poder comentar o nosso artigo. A sua opinião conta e nós contamos com ela.
Faltam 300 caracteres
Negócios oferece este espaço de comentário, reflexão e debate e apela aos leitores que respeitem o seu estatuto editorial, promovam a discussão construtiva e combatam o insulto. O Negócios reserva-se ao direito de editar, apagar ou mesmo modificar os comentários dos seus leitores se atentarem contra o bom senso e seriedade.O acesso a todas as funcionalidades dos comentários está limitada a leitores registados e a Assinantes.
comentar
mais votado Anónimo Há 6 dias

Os vigaristas da Brisa prejudicaram e bem os pequenos investidores mas a CMVM está lá só para encher os seus bolsos e o dos grandes os pequeninos que se lixem

comentários mais recentes
Anónimo 10.12.2012

Correcto na decisão. Pois, como eu há centenas de pessoas que têm acções compradas pelo preço de 8 e 9 euros cada, desde 2007 e 2008. Estas pessoas devem ter a hipótese de recuperarem pelo menos uma boa parte do capital investido e venderem quando a economia estiver a recuperar que na altura a própri. A bolsa e até membros do governo de então aconselhavam os investidores a investirem a médio e longo prazo.

abilio pereira Há 5 dias

Quem defende os pequenos como eu.As ações baixaram sópara eles ficarem com elas

Anónimo Há 6 dias

se for o preço medio a 180 dias dá 2.30... quase 40 centimos de lucro....

Anónimo Há 6 dias

Os vigaristas da Brisa prejudicaram e bem os pequenos investidores mas a CMVM está lá só para encher os seus bolsos e o dos grandes os pequeninos que se lixem

Notícias só para Assinantes
Exclusivos, análise, informação independente e credível. Para saber o que se passa em Portugal e no mundo, nas empresas, nos mercados e na economia. Inclui acesso à versão ePaper.
Mais uma forma de ler as histórias
da edição impressa do Negócios.
Se ainda não é Assinante Saiba mais
pub
pub
pub
pub