Bolsa Bolsa regressa aos ganhos com energia a impulsionar

Bolsa regressa aos ganhos com energia a impulsionar

Os dados positivos da economia chinesa estão a impulsionar as bolsas europeias. Em Lisboa destaca-se o sector da energia.
A carregar o vídeo ...
Nuno Carregueiro 17 de julho de 2017 às 08:18

A bolsa nacional abriu em alta, retomando a trajectória de ganhos que foi interrompida na sexta-feira depois de uma série de quatro sessões em terreno positivo.

Nas bolsas europeias o sentimento é também positivo, com o bom desempenho da economia chinesa (cresceu 6,9% no segundo trimestre, acima do esperado) a impulsionar os mercados globais. O MSCI All Coutry World Index sobe pela sétima sessão consecutiva e já fixou novos máximos históricos.

Em Lisboa o PSI-20 valoriza 0,15%, com 10 cotadas em alta, seis em terreno negativo e três sem variação.

 

A impulsionar o índice português está o sector energético, com a EDP a subir 0,54% para 2,977 euros, enquanto a EDP Renováveis recua 0,48% para 6,90 euros, negociando 15 cêntimos acima do preço da OPA.

 

A Galp Energia avança 0,11% para 13,57 euros, reagindo de forma positiva aos dados preliminares do segundo trimestre, que publicou esta manhã. A Galp aumentou a produção média de petróleo em 2,2% no segundo trimestre de 2017. O Brasil, o maior mercado nesta área, deu o grande contributo, com um crescimento de 3,2%, mas o comportamento do mercado angolano deslizou.

 

Ainda a impulsionar o PSI-20 está a Jerónimo Martins, com uma subida de 0,46% para 17,62 euros, enquanto o BCP continua a corrigir (-0,16% para 0,251 euros) e trava uma subida mais pronunciada.

 

Fora do PSI-20 a Impresa continua a estar em destaque devido à aquisição da Media Capital pela Altice, marcando uma valorização de 2,11% para 0,435 euros. A Cofina avança 1,7% para 0,418 euros. 




A sua opinião30
Este é o seu espaço para poder comentar o nosso artigo. A sua opinião conta e nós contamos com ela.
Faltam 300 caracteres
Negócios oferece este espaço de comentário, reflexão e debate e apela aos leitores que respeitem o seu estatuto editorial, promovam a discussão construtiva e combatam o insulto. O Negócios reserva-se ao direito de editar, apagar ou mesmo modificar os comentários dos seus leitores se atentarem contra o bom senso e seriedade.O acesso a todas as funcionalidades dos comentários está limitada a leitores registados e a Assinantes.
comentar
comentários mais recentes
Re: 2 MILHÕES de BCP a 0.244 MUITO OBRIGADO 17.07.2017

Degradante o seu comentário... não passa de um grosso "entalado BCP" em total desespero... mas alguém quer compra BCP a esse preço???? Tenha juizo!

2 MILHÕES de BCP a 0.244 MUITO OBRIGADO 17.07.2017

MUITO OBRIGADO a quem acabou de me vender 2 milhões de ações MILENIUM BCP a 0.244 é que logo vão sair os resultados do MILENIUM POLACO com resultados FENOMENAIS e amanhã o BCP vai ultrapssar os 0.275 muito obrigado senhor BCPATO

BCP e tudo o vento LEVOU 17.07.2017

APESAR dos resultados EM portugal e na polonia terem QUADRIPLICADO EM RELAÇÃO AO 1 TRIMESTRE mesmo ASSIM já coseguiram DESTRUIR aquilo que o desgraçado do BCP tinha AMEALHADO na outra semana

BCP, triturador de capitais 17.07.2017

Carissimos, não percam tempo a falar do BCP, isso não interessa a ninguém, a não ser aos altamente entalados que lá estão, nada mais. A verdade é que só estão nessa situação porque assim quiseram... este banco triturou +5.000.000.000 € aos seus próprios acionistas, mais palavras para quê?

ver mais comentários
pub