Bolsa Jerónimo Martins arrasta Lisboa para quarta sessão no vermelho

Jerónimo Martins arrasta Lisboa para quarta sessão no vermelho

A bolsa de Lisboa abriu no vermelho, pressionada pela Jerónimo Martins e Galp Energia. O índice nacional acompanha assim a tendência no resto da Europa, numa altura em que se intensifica a guerra comercial entre a União Europeia e os EUA.
A carregar o vídeo ...
Rita Atalaia 31 de agosto de 2018 às 08:09

A bolsa nacional abriu no vermelho, a caminho da quarta sessão consecutiva de perdas. A pressionar a praça portuguesa segue a Jerónimo Martins e a Galp Energia. Isto numa sessão que também está a ser negativa nas principais praças europeias depois de um aumento dos receios em torno da guerra comercial entre a Europa e os EUA.


O índice de referência nacional, o PSI-20, abriu em queda de 0,04% para 5.460,3 pontos, com sete cotadas em baixa, cinco em alta e seis inalteradas. 

Na bolsa de Lisboa é a Jerónimo Martins que está a penalizar mais o índice. A retalhista cai 0,62% para 8,02 euros. Também a Galp Energia está a contribuir para as perdas, com a petrolífera a cair 0,14% para 17,785 euros.

A contrariar este sentimento segue o BCP, que avança 0,08% para 25,34 cêntimos, e ainda a Mota-Engil. A construtora valoriza 0,36% para 2,81 depois de ter apresentado, na quinta-feira, um aumento dos lucros no primeiro semestre do ano e ter afirmado que quer voltar a pagar dividendos no próximo ano.

Fora do índice nacional, destaque para a Martifer. A empresa recuava 15,91% no arranque da sessão, depois de ter revelado uma queda dos lucros de 94%, para os 400 mil euros.


(Notícia actualizada às 08:20 com mais informação)




pub