Bolsa Bolsa nacional regista maior ciclo de perdas em mais de sete anos

Bolsa nacional regista maior ciclo de perdas em mais de sete anos

Lisboa voltou a cair e a renovar mínimos de Fevereiro. A bolsa nacional abriu no vermelho pela nona sessão consecutiva, naquele que é o pior ciclo de quedas desde Agosto de 2011. A pressionar segue o grupo EDP e Galp Energia.
A carregar o vídeo ...
Rita Atalaia 07 de setembro de 2018 às 08:11
Os receios em torno da guerra comercial entre os EUA e a China continuam a pressionar as praças europeias. E Lisboa não é excepção. A bolsa nacional abriu no vermelho pela nona sessão consecutiva, naquele que é o pior ciclo de quedas desde Agosto de 2011. A penalizar segue o grupo EDP e Galp Energia.

O índice de referência nacional abriu a recuar 0,09% para 5.252,58 pontos, renovando mínimos de Fevereiro. Das 18 cotadas que compõem o índice, 10 abriram em queda, quatro em alta e quatro inalteradas. 

Por cá, o grupo EDP está a pressionar a praça portuguesa na abertura. A EDP cai 0,36% para 3,282 euros, enquanto a subsidiária EDP Renováveis perde 0,06% para 8,38 euros. Também a Galp Energia está a recuar 0,34% para 16,35 euros, num dia de ganhos muito ligeiros do petróleo nos mercados internacionais. 

Ainda do lado das perdas, destaque para o BCP, que cai 0,04% para 24,99 cêntimos, e para a Mota-Engil, que cede 0,45% para 2,19 euros. 

A limitar as perdas da bolsa nacional segue a Jerónimo Martins, com a retalhista a valorizar 0,28% para 12,465 euros. 

(Notícia actualizada às 8:22 com mais informação)



pub