Bolsa Lisboa segue tendência negativa das bolsas europeias com investidores à espera da inflação nos EUA

Lisboa segue tendência negativa das bolsas europeias com investidores à espera da inflação nos EUA

Os investidores estão focados na inflação dos Estados Unidos, que será publicada amanhã antes da abertura de Wall Street.
Lisboa segue tendência negativa das bolsas europeias com investidores à espera da inflação nos EUA
Pedro Catarino/CM
Nuno Carregueiro 13 de fevereiro de 2018 às 16:44

O PSI-20 fechou a cair 0,15% para 5.365,45 pontos, com 13 cotadas em queda e cinco em alta. O índice português anulou parte dos ganhos da véspera, em linha com o comportamento das restantes praças europeias, que também fecharam de sinal vermelho mas com variações pouco significativas.  

 

A tendência negativa ficou a dever-se sobretudo aos receios dos investidores com o aumento da inflação e o impacto que a subida dos preços terá no ritmo de agravamento das taxas de juro por parte dos bancos centrais em todo o mundo.

 

É por isso que o relatório da inflação de Janeiro nos Estados Unidos, que será publicado na quarta-feira pelas 13:30 (antes da abertura da sessão) está a ser aguardado com grande expectativa. Os economistas até apontam para uma descida da taxa, de 1,8% em Dezembro para 1,7% no mês passado, mas o relatório será escrutinado ao detalhe, para os investidores perceberem se são fundadas as expectativas de aceleração da inflação.

 

Os analistas consultados pela Bloomberg assinalam que qualquer pequeno desvio face ao estimado poderá ser motivo para mais volatilidade e movimentos bruscos e negativos nas acções.

BCP e energia pressionam

 

As cotadas do sector energético foram as que mais pressionaram o índice português, com a Galp Energia a desvalorizar 1,13% para 14,43 euros numa sessão em que o petróleo também regressou ao vermelho. O Brent em Londres desce 0,53% para 62,26 dólares depois de ontem ter colocado fim a um ciclo de seis sessões sempre em terreno negativo.

 

A EDP desceu 0,66% para 2,721 euros e a sua participada EDP Renováveis somou 2,08% para 7,11 euros depois de ter anunciado um contrato nos Estados Unidos para fornecer a Nestlé. Ainda na energia a REN avançou 0,16% para 2,444 euros, depois do Santander ter elevado a recomendação da cotada de "manter" para "comprar".

 

O Banco Comercial Português também pressionou o PSI-20, com uma queda de 0,51% para 0,2948 euros, na véspera de anunciar os resultados de 2017. Os números serão anunciados depois do fecho da sessão de quarta-feira.

 

A descida mais pronunciada entre as cotadas do PSI-20 foi protagonizada pelos CTT, que desceram 2,75% para 3,258 euros. A Altri cedeu 2,42% para 4,44 euros numa sessão em que o dólar voltou a perder terreno face ao euro. A moeda europeia avança 0,58% para 1,2363 dólares.

 

A impedir maiores ganhos destacou-se a Jerónimo Martins, com uma valorização de 1,26% para 17,275 euros. A Navigator avançou 0,68% para 4,116 euros. 


(notícia actualizada às 16:56 com mais informação)




A sua opinião7
Este é o seu espaço para poder comentar o nosso artigo. A sua opinião conta e nós contamos com ela.
Faltam 300 caracteres
Negócios oferece este espaço de comentário, reflexão e debate e apela aos leitores que respeitem o seu estatuto editorial, promovam a discussão construtiva e combatam o insulto. O Negócios reserva-se ao direito de editar, apagar ou mesmo modificar os comentários dos seus leitores se atentarem contra o bom senso e seriedade.O acesso a todas as funcionalidades dos comentários está limitada a leitores registados e a Assinantes.
comentar
comentários mais recentes
EUA sempre a ABRIR e aqui sempre a cair Há 1 semana

pois e aqui é a XULARIA do costume lá nos EUA daqui a duas semanas está tudo em RECORDES outra vez e aqui é a MANIPULAÇÃO e o CAMBALACHO do costume e tudo ORQUESTRADO pelo MALUCO do massinhas

RE. FRANCOIS Há 1 semana

Caro amigo eu comprei a 3.30 euros. So me resta esperar pelos dividendos. Nao
A volta a dar. Mesmo assim para quem nao precisa do dinheiro. E muito bom, em lado nenhum recebe 6% ao ano.

Anónimo Há 1 semana

BCP irá bater máximos pós-AC a qualquer momento tipo agarrem-me se não salto a cerca

François Há 1 semana

Ai EDP, ai EDP, meus amigos, estou bem entaladinho com ela e também com a porcaria da NOS.

ver mais comentários