Bolsa Quanto aumentaram as fortunas dos ricos da bolsa nacional

Quanto aumentaram as fortunas dos ricos da bolsa nacional

2017 foi um bom ano para as famílias com maiores investimentos na bolsa de Lisboa. Queiroz Pereira e Soares dos Santos viram as suas fortunas aumentar cerca de 1,5 mil milhões de euros.
Patrícia Abreu 03 de janeiro de 2018 às 17:00



A sua opinião4
Este é o seu espaço para poder comentar o nosso artigo. A sua opinião conta e nós contamos com ela.
Faltam 300 caracteres
comentar
Negócios oferece este espaço de comentário, reflexão e debate e apela aos leitores que respeitem o seu estatuto editorial, promovam a discussão construtiva e combatam o insulto. O Negócios reserva-se ao direito de editar, apagar ou mesmo modificar os comentários dos seus leitores se atentarem contra o bom senso e seriedade.O acesso a todas as funcionalidades dos comentários está limitada a leitores registados e a Assinantes.
mais votado Case studies para as novas gerações 03.01.2018

Parabéns a quem teve Bons Resultados e Esperança por melhores dias para quem não teve.
Seria interessante entrevista a cada um em que fossem inquiridos das razões dos seus êxitos ou dos seus fracassos.
E também do que fizeram a favor dos mais desfavorecidos, de quaisquer causas nobres que apadrinhem, ou de comportamentos altruístas e/ou civicamente exemplares.
Os Portugueses precisam de bons exemplos e de quem, por razões nobres e não só de interesse próprio, da "lei da morte se vá libertando".

comentários mais recentes
Água Ráz 03.01.2018

Aqui há uns anos tinha umas Semapas e vendi pois os ecologistas afirmavam que a fabrica de cimento na serra da Arrábida tinha de sair dali estava a destruir a Serra e acabava o contrato .Passados mais de 10 anos lá continua ecologistas e comunistas amigos dominam a camara .O que os terá calado?

Re: Zé dos bois 03.01.2018

Não faço minha a tua leitura, embora a respeite.
Não vejo qualquer tom depreciativo na utilização do termo Rico, e afigura-se-me perigosa e condicionadora extrair ilações sobre a cor política da jornalista.
Mas, se queres saber a opinião de um teu colega, mero leitor anónimo como Tu, deixa-me confessar-te que, para mim, talvez Jesus de Nazaré tenha sido o... primeiro dos “vermelhos” !
E , ainda para mim, pena é que uma natureza humana, resultado de uma luta implacável e incontornàvel pela sobrevivência, tenha impedido que a totalidade da sua doutrina nunca tenha ultrapassado ( e nunca talvez algum dia possa vir a ultrapassar) a fase de uma bela mas irrealizável utopia ou de um sedutor "sonho de uma noite de verão".
Desculpa lá o desabafo e, com amizade, um bom ano para Ti.

Zé dos bois 03.01.2018

Este jornal está efetivamente vermelho!! e claro, dá para ver bem a côr da Patricia.
O titulo não é: "Quanto aumentaram as fortunas dos empreendedores da bolsa nacional", ou empresários, ou o que quer que seja ....não, não,.. usa-se a palavra "ricos" no sentido mais depreciativo.

Case studies para as novas gerações 03.01.2018

Parabéns a quem teve Bons Resultados e Esperança por melhores dias para quem não teve.
Seria interessante entrevista a cada um em que fossem inquiridos das razões dos seus êxitos ou dos seus fracassos.
E também do que fizeram a favor dos mais desfavorecidos, de quaisquer causas nobres que apadrinhem, ou de comportamentos altruístas e/ou civicamente exemplares.
Os Portugueses precisam de bons exemplos e de quem, por razões nobres e não só de interesse próprio, da "lei da morte se vá libertando".

pub