Bolsa Wall Street animada com fusões e aquisições e boas perspectivas para as contas trimestrais

Wall Street animada com fusões e aquisições e boas perspectivas para as contas trimestrais

As bolsas norte-americanas regressaram aos ganhos, sustentadas pela actividade de fusões e aquisições e pelo optimismo em torno dos resultados trimestrais das cotadas do país.
Wall Street animada com fusões e aquisições e boas perspectivas para as contas trimestrais
Reuters
Carla Pedro 12 de julho de 2018 às 21:09

O Dow Jones encerrou a somar 0,91% para 24.924,89 pontos e o índice tecnológico Nasdaq Composite avançou 1,39%, a valer 7.823,92 pontos.

 

Já o Standard & Poor’s 500 ganhou 0,87% para se estabelecer nos 2.798,29 pontos.

 

As praças do outro lado do Atlântico estiveram a ser impulsionadas sobretudo pelas cotadas industriais e tecnológicas.

 

A CA Inc. disparou mais de 18% depois de a fabricante de semicondutores Broadcom ter anunciado um acordo surpresa no valor de 18,9 mil milhões de dólares para comprar o negócio nos EUA da empresa de software.

 

As boas perspectivas para os resultados das cotadas norte-americanas no segundo trimestre estiveram também a animar a negociação bolsista em Wall Street.

 

As cotadas ligadas aos metais industriais também retomaram, impulsionadas pela forte procura dos investidores que procuram "pechinchas" – uma vez que têm perdido terreno com a descida dos preços da matéria-prima.

 

Houve também algum alívio com o facto de o presidente dos EUA, Donald Trump, ter saído de uma reunião da NATO na Bélgica com uma avaliação positiva, após os aliados terem concordado em aumentar a despesa.

 

Todos estes factores contribuíram para animar as bolsas norte-americanas, o que acabou por ofuscar um pouco os receios relativos às disputas comerciais em que os Estados Unidos estão envolvidos.

 

No braço-de-ferro com a China, o facto de Pequim ter vindo dizer que talvez não continue a retaliar na mesma medida contra as tarifas impostas pelos EUA à importação de produtos chineses acabou por também trazer algum alívio ao mercado.