OPV ES Saúde OPV da ES Saúde chega hoje ao fim. Ainda há acções

OPV da ES Saúde chega hoje ao fim. Ainda há acções

Procura ascendia a 95% da oferta a um dia de terminar o período de subscrição. Número de acções atribuídas, bem como o preço final, serão conhecidos esta sexta-feira em Sessão Especial de Bolsa.
OPV da ES Saúde chega hoje ao fim. Ainda há acções
Miguel Baltazar/Negócios
Paulo Moutinho 06 de fevereiro de 2014 às 10:20

A OPV da ES Saúde chega esta quinta-feira ao fim, quase duas semanas depois de ter arrancado o prazo de subscrição. Os investidores que pretendem participar na operação têm até hoje para darem ordem de compra de acções. Os títulos custam entre 3,20 e 3,90 euros.

 

Até ao final de quarta-feira, a procura ainda não tinha superado o número de títulos destinado aos investidores de retalho: ascendia a 95% da oferta, de acordo com os dados divulgados pela ES Saúde na CMVM. No total, a empresa pretende colocar 9,36 milhões de títulos no retalho, 20% da oferta total.

 

Ainda que no público em geral a procura esteja 39% acima da oferta total de acções, na tranche dos trabalhadores sobravam 2,8 milhões de títulos que serão transferidos para os pequenos investidores, caso estes não as subscrevam. Os dados revelados pela empresa liderada por Isabel Vaz mostravam que só 14% da oferta nesta tranche estava subscrita.

 

Só se mesmo após a passagem das acções dos trabalhadores para o público em geral a procura superar a oferta é que haverá lugar a rateio. Caso fique abaixo, ou seja, haja acções para o retalho que fiquem por subscrever, esses títulos podem passar para a oferta institucional.

 

O número de títulos atribuídos a cada investidor, bem como o preço final das acções da ES Saúde, só será revelado esta sexta-feira em Sessão Especial de Bolsa. O intervalo de preços definido pela empresa é de 3,20 a 3,90 euros. Será a procura por parte dos grandes investidores a definir o valor a que as acções entram em bolsa a 12 de Fevereiro.