Research Santander recomenda "comprar" acções da REN

Santander recomenda "comprar" acções da REN

O banco de investimento subiu a recomendação mas reviu o preço-alvo em ligeira baixa.
Negócios com Bloomberg 13 de fevereiro de 2018 às 10:24

O Santander melhorou a recomendação das acções da Redes Energéticas Nacionais (REN) de "manter" para "comprar", avança a Bloomberg.

 

A melhoria da recomendação acontece apesar do preço-alvo ter sido revisto em ligeira baixa, de 2,57 para 2,56 euros.  

 

A nova avaliação está 4,4% abaixo do preço-alvo médio que os analistas atribuem à REN, que de acordo com a base de dados da Bloomberg se situa nos 2,68 euros. Segundo a agência norte-americana a REN tinha até aqui quatro recomendações de "comprar", quatro de manter e três de vender.

 

O site da REN, que tem dados de mais analistas e ainda sem a actualização do Santander (ver tabela em baixo), mostra que o preço-alvo médio é de 2,71 euros, com a avaliação mais elevada a ser atribuída pelo BPI (3,10 euros) e a mais baixa pelo Societe Generale (2,25 euros).

 

As acções da REN seguem a subir 0,33% para 2,448 euros, sendo que o preço-alvo do Santander incorpora um potencial de subida de 4,6% face à cotação de fecho de ontem.  

 

O Negócios não teve acesso à nota de research da REN.



 

Nota: A notícia não dispensa a consulta da nota de "research" emitida pela casa de investimento, que poderá ser pedida junto da mesma. O Negócios alerta para a possibilidade de existirem conflitos de interesse nalguns bancos de investimento em relação à cotada analisada, como participações no seu capital. Para tomar decisões de investimento deverá consultar a nota de "research" na íntegra e informar-se junto do seu intermediário financeiro.

 




pub