Mercados 5 coisas que precisa de saber para começar o dia

5 coisas que precisa de saber para começar o dia

Hoje é dia de resultados e mais resultados. Em Portugal, o BPI reporta as suas contas, e lá fora são muitas as cotadas que também se confessam ao mercado, o que contribuirá para ditar a evolução das bolsas. Em dia de leilão de OT a cinco anos, a DBRS vai falar sobre a banca em Portugal. E o petróleo pode manter-se em baixa se se confirmar que as reservas nos EUA aumentaram.
5 coisas que precisa de saber para começar o dia
Carla Pedro 26 de Outubro de 2016 às 07:30
BPI apresenta resultados do terceiro trimestre…

O banco liderado por Fernando Ulrich apresenta os seus resultados do terceiro trimestre, após o fecho da bolsa. Os analistas do CaixaBI antecipam uma queda de 21,9% dos lucros face ao período homólogo de 2015, para 58,5 milhões de euros. No segundo trimestre, os lucros do BPI ascenderam a 60,2 milhões de euros. Na sessão de terça-feira,  o BPI encerrou a perder 0,09% para 1,129 euros por acção.


Leilão de obrigações do Tesouro a cinco anos

Após a decisão da agência de rating canadiana DBRS, na passada sexta-feira, de manter o rating da dívida soberana de longo prazo de Portugal em grau de investimento - uma das condições para que as obrigações nacionais sejam aceites junto do BCE -, o IGCP (a agência que gere a dívida pública) realiza um leilão de obrigações do Tesouro a cinco anos. O montante indicativo da operação é de entre 750 milhões e 1.000 milhões de euros. O resultado da operação deverá influenciar o rumo dos juros das obrigações portuguesas. 


Teleconferência da DBRS sobre a banca portuguesa

A agência de notação financeira canadiana realiza esta quarta-feira, às 15:00, uma teleconferência sobre a banca portuguesa e sobre os desafios para o sistema financeiro do país. O foco estará nas medidas que estão a ser tomadas por cada banco, a título individual, bem como pelo governo português, no sentido de lidar com os desafios em curso com que o sistema bancário se confronta. A DBRS - que já advertiu para dificuldades no veículo para o malparado na banca - dirá também o quão bem sucedidas crê que estas medidas poderão ser, o que poderá ditar a evolução do movimento das acções da banca na bolsa nacional.


Reservas americanas de petróleo podem trazer mais quedas aos preços

Os analistas inquiridos pela Bloomberg apontam para um aumento das reservas norte-americanas de crude na semana passada. Se tal acontecer, os preços do petróleo poderão manter hoje o movimento descendente registado em Londres e em Nova Iorque na segunda e na terça-feira – em que também pesou nas cotações a especulação de que a Rússia não se juntará à Organização dos Países Exportadores de Petróleo (OPEP) no corte da oferta desta matéria-prima.


Sector tecnológico pode ditar tendência em Wall Street

Depois de a Apple ter anunciado os resultados de 2016, na terça-feira depois do fecho das bolsas, o sector tecnológico estará hoje a reagir nos mercados norte-americanos. Foi a primeira vez desde 2001 que a tecnológica registou uma queda das vendas anuais. No "after-market", as acções da empresa da maçã começaram por subir mais de 3% após a divulgação das contas, mas depois inverteram para o vermelho. Sendo a cotada com mais peso na direcção do Nasdaq, espera-se que as bolsas norte-americanas evoluam esta quarta-feira ao sabor da tendência nas tecnologias. Ainda nos EUA, os investidores vão estar igualmente atentos à apresentação de resultados da Coca-Cola e Tesla Motors. Na Europa, várias empresas também reportam esta quarta-feira as suas contas, nomeadamente a Iberdrola, Mediaset, Heineken, Abertis, Ferrovial, Airbus e GlaxoSmithKline.




pub