Mercados 5 coisas que precisa de saber para começar o dia

5 coisas que precisa de saber para começar o dia

O dia de quinta-feira vai ser bastante preenchido com conferências, onde a política monetária, a banca e as tecnologias estarão em destaque. Vai também haver uma mão cheia de dados económicos e mais resultados de empresas. No plano corporativo, a Tesla e SolarCity poderão terminar o dia com aliança de noivado no dedo.
5 coisas que precisa de saber para começar o dia
Carla Pedro 17 de Novembro de 2016 às 07:30
Mais resultados e conferências sobre banca e tecnologias

Esta quinta-feira há mais empresas a confessarem-se ao mercado. Serão reportadas as contas da Wal-Mart Stores e do Manchester United, entre outras. Há também duas conferências em destaque, uma para a banca e a outra para o sector tecnológico. O CEO do Citigroup, Mike Corbat, vai falar acerca do futuro da banca no Harvard Business School Club, em Nova Iorque. Por outro lado, a Cimeira de CFOs da faculdade MIT Sloan reúne em Newton, Massachusetts, executivos de todo o mundo para debater a tecnologia móvel e digital nas suas empresas. Estarão presentes responsáveis da General Electric, United Parcel Service e PayPal, entre outros.



Accionistas votam fusão da Tesla e SolarCity

Em Junho passado, Elon Musk, CEO das norte-americanas Tesla e da SpaceX, anunciou que a Tesla ambiciona fundir-se com a instaladora de painéis solares SolarCity – igualmente norte-americana e da qual é já accionista maioritário e que é gerida por primos seus. A Tesla está a conceber novos produtos com a SolarCity, como a nova linha de painéis solares camuflados com telhas "sexy", e espera convencer os seus accionistas de que o casamento das duas empresas é uma boa aposta. Esta quinta-feira, dia 17 de Novembro, os accionistas irão pronunciar-se sobre essa proposta.  


Yellen fala pela primeira vez após eleição de Trump

Donald Trump criticou abertamente as decisões da Reserva Federal sobre as taxas de juro e Janet Yellen não deverá perder a oportunidade de reafirmar a independência da instituição num discurso que profere esta quinta-feira, em Washington, perante a comissão económica do Congresso. A presidente do banco central norte-americano deverá ainda abrir porta a uma mexida nos juros em Dezembro. Ainda em matéria de política monetária, Peter Praet, membro do conselho executivo do Banco Central Europeu, participa num debate sobre o futuro da integração das finanças mundiais no Fórum de Estudos Globais sobre Finanças e Macroeconomia, que se realiza em Nova Iorque. Já Yves Mersch, membro do conselho executivo do BCE, fala em Frankfurt, no Faros Institutional Investors Forum. 



Economia em foco no Velho Continente e nos EUA

Esta quinta-feira será dia de divulgação dos dados relativos à inflação na Zona Euro, em Outubro, ao registo de carros novos na União Europeia e às vendas a retalho no Reino Unido. Já nos Estados Unidos serão apresentados os números referentes ao índice de preços no consumidor, em Outubro, com perspectivas de que a inflação tenha acelerado e esteja a caminho da meta da Reserva Federal. Ainda do outro lado do Atlântico, serão também conhecidos os números relativos ao arranque da construção de casas novas e relativos aos pedidos semanais de subsídio de desemprego.

Será dada também atenção aos discursos do primeiro-ministro francês, Manuel Valls, e da primeira-ministra escocesa, Nicola Sturgeon, no âmbito da Cimeira Económica de dois dias que se realiza em Berlim e que é promovida pelo jornal alemão Sueddeutsche Zeitung. No dia seguinte, será a vez do ministro alemão das Finanças, Wolfgang Schäuble, falar.



Matérias-primas na linha da frente
A Agência de Informação em Energia – dependente do Departamento norte-americano da Energia – divulga o relatório relativo ao inventário semanal de gás natural nos EUA. Já o Departamento norte-americano da Agricultura (USDA) apresenta os dados relativos às vendas de colheitas agrícolas na semana passada. Ainda neste sector, a Bloomberg promove a conferência Perspectivas para o Gás e Electricidade no Inverno, em parceria com a Genscape e a Planalytics, que se debruçará sobre o mercado da electricidade e do gás e o impacto da actual estação de Inverno.



A sua opinião0
Este é o seu espaço para poder comentar o nosso artigo. A sua opinião conta e nós contamos com ela.
Faltam 300 caracteres
Negócios oferece este espaço de comentário, reflexão e debate e apela aos leitores que respeitem o seu estatuto editorial, promovam a discussão construtiva e combatam o insulto. O Negócios reserva-se ao direito de editar, apagar ou mesmo modificar os comentários dos seus leitores se atentarem contra o bom senso e seriedade.O acesso a todas as funcionalidades dos comentários está limitada a leitores registados e a Assinantes.
comentar
pub