Mercados 5 coisas que precisa de saber para começar o dia

5 coisas que precisa de saber para começar o dia

Num dia de poucos indicadores económicos, a atenção dos investidores vai continuar centrada nas novidades sobre o novo presidente dos Estados Unidos. Em Lisboa o foco continuará na forte volatilidade do BCP.
5 coisas que precisa de saber para começar o dia
Nuno Carregueiro 23 de janeiro de 2017 às 07:30
Investidores à espera de Trump

Depois de um forte "rally" quando Donald Trump ganhou as eleições devido às promessas do candidato republicano, os mercados accionistas estão agora em modo de esperar para ver. Trump tomou posse na sexta-feira e os primeiros dias ficam marcados pelo agravar do confronto com os media. O Financial Times assinala que o "Trump rally" está numa "encruzilhada", com os analistas e investidores à espera de detalhes das propostas no novo presidente. As palavras e (e tweets) de Trump deverão definir o rumo dos mercados das próximas sessões.



Para onde vão os direitos do BCP?

A volatilidade tem sido a nota dominante na negociação das acções do BCP nas duas sessões em que negociaram em simultâneo com os direitos de subscrição do aumento de capital. Na quinta-feira feira desceram mais de 10% com os direitos a arrancarem em forte baixa. Na última sessão dispararam mais de 10% devido à forte recuperação dos direitos. Esta segunda-feira não será diferente e vai ser a tendência dos direitos que vai determinar o rumo das acções. Resta saber se será para cima ou para baixo. Aqui pode calcular os preços de equilíbrio entre as acções e os direitos.


Mario Draghi em Turim

Depois de na semana passada ter deixado claro que a política de estímulos do Banco central Europeu é para continuar, Mario Draghi tem mais uma oportunidade para reafirmar a estratégia da autoridade monetária. O presidente do BCE estará numa conferência em Turim (às 12:30), sendo que o seu colega do Conselho de Governadores, Peter Praet, também tem agendada uma intervenção pública (em Bruxelas às 14:15). No que à política europeia diz respeito, destaque para a visita de François Fillon (candidato da direita às presidenciais francesas) a Berlim, para um encontro com Angela Merkel.


Resultados de cotadas

A época de apresentação de resultados prossegue a todo o vapor. No início da semana, algumas cotadas americanas como a McDonald's e a Yahoo mostram as contas do quarto trimestre aos mercados. E na Europa a época de apresentação de resultados também ganha tracção com cotadas como a Philips Lighting a divulgarem os números. Mais para o final da semana também arranca a "earning season" na bolsa portuguesa.

 

Confiança dos consumidores da zona euro 

É divulgada a estimativa rápida do índice que mede a confiança dos consumidores da Zona Euro e da União Europeia, referente a Janeiro. No mês anterior, estes indicadores tinham mostrado uma tendência de subida. De resto o dia será tranquilo na divulgação de indicadores económicos na Europa e EUA.




A sua opinião0
Este é o seu espaço para poder comentar o nosso artigo. A sua opinião conta e nós contamos com ela.
Faltam 300 caracteres
Negócios oferece este espaço de comentário, reflexão e debate e apela aos leitores que respeitem o seu estatuto editorial, promovam a discussão construtiva e combatam o insulto. O Negócios reserva-se ao direito de editar, apagar ou mesmo modificar os comentários dos seus leitores se atentarem contra o bom senso e seriedade.O acesso a todas as funcionalidades dos comentários está limitada a leitores registados e a Assinantes.
comentar
pub