Mercados 5 coisas que precisa de saber para começar o dia

5 coisas que precisa de saber para começar o dia

Esta quinta-feira o Banco de Portugal publica os indicadores coincidentes e o BCE divulga os relatos da reunião de política monetária de 19 de Janeiro. Há também mais resultados, com destaque, por cá, para a Novabase.
5 coisas que precisa de saber para começar o dia
Carla Pedro 16 de fevereiro de 2017 às 07:30
Relatos da última reunião do BCE em foco

O Banco Central Europeu divulga esta quinta-feira os relatos da última reunião de política monetária do Conselho de Governadores, que decorreu a 19 de Janeiro.

Nesse encontro, o banco central não fez alterações de política monetária. Mas os relatos estarão em foco para se perceber como os últimos dados da inflação estão a ser analisados pelos responsáveis do BCE.



Indicadores coincidentes por cá e subsídios de desemprego nos EUA

Esta quarta-feira há novos indicadores para avaliar a saúde das economias e, por cá, o Banco de Portugal publica os indicadores coincidentes.

Nos Estados Unidos, destaque para a divulgação dos dados relativos aos pedidos de subsídio de desemprego na semana passada, bem como dos números referentes ao arranque de novas construções em Janeiro – com as projecções a apontarem para um aumento superior ao do mês anterior.



Novabase apresenta resultados de 2016

Hoje é mais um dia de divulgação de contas. Por cá, será a vez de a Novabase, que reporta os seus números após o fecho da bolsa nacional. A empresa liderada por Luís Paulo Salvado anunciou no mês passado a conclusão da venda do negócio de Infrastructures & Managed Services (IMS) à Vinci Energies por um preço final estimado em 44,04 milhões de euros. Um valor que ficou acima dos 38,36 anunciados quando o acordo foi comunicado a 13 de Outubro.

Entre muitas outras empresas que irão confessar-se ao mercado, destaque para a Nestlé, Cap Gemini, Schneider Electric e Telstra Corp. A concentrar as atenções dos investidores estará também a Vale, maior produtora mundial de minério de ferro, que irá apresentar o seu relatório trimestral de produção. 


Semapa vai reagir em bolsa aos bons resultados?

A diminuição dos resultados financeiros e o aumento do EBITDA permitiram que a Semapa aumentasse os lucros de 2016 em 40,9%, para 114,9 milhões de euros, anunciou ontem a empresa em comunicado à CMVM.

E foram conseguidos à custa da Navigator que teve um contributo de 143,3 milhões para esses mesmos lucros. Os cimentos tiveram uma contribuição negativa de 18 milhões de euros, diz a empresa detida, em maioria, pelo empresário Pedro Queiroz Pereira.

 


Reservas de gás em destaque nos EUA

A Administração de Informação em Energia (sob a tutela do Departamento norte-americano da Energia) divulga dos dados relativos aos inventários de gás natural dos EUA na semana passada e a Bloomberg apresenta o resultado do inquérito às expectativas dos analistas relativamente ao volume de gás natural armazenado, em termos semanais.

Além disso, o Departamento norte-americano da Agricultura (USDA) apresenta os dados relativos às exportações na semana passada.




A sua opinião0
Este é o seu espaço para poder comentar o nosso artigo. A sua opinião conta e nós contamos com ela.
Faltam 300 caracteres
Negócios oferece este espaço de comentário, reflexão e debate e apela aos leitores que respeitem o seu estatuto editorial, promovam a discussão construtiva e combatam o insulto. O Negócios reserva-se ao direito de editar, apagar ou mesmo modificar os comentários dos seus leitores se atentarem contra o bom senso e seriedade.O acesso a todas as funcionalidades dos comentários está limitada a leitores registados e a Assinantes.
comentar