Mercados 5 coisas que precisa de saber para começar o dia

5 coisas que precisa de saber para começar o dia

Esta quinta-feira serão divulgados os dados da inflação e das receitas fiscais em Portugal. Do lado empresarial, será a vez de a REN divulgar as suas contas trimestrais. Lá fora, destaque para a decisão de política monetária do Banco de Inglaterra e para dois encontros sobre economia global em Itália e na Índia.
5 coisas que precisa de saber para começar o dia
Carla Pedro 11 de maio de 2017 às 07:30
REN apresenta resultados do primeiro trimestre

A empresa liderada por Rodrigo Costa divulga os resultados entre Janeiro e Março deste ano, após o fecho da bolsa nacional. Também hoje será o dia em que os accionistas da empresa se reúnem em assembleia-geral para votar o aumento de capital de 250 milhões de euros, operação que servirá para financiar a compra da EDP Gás. Recorde-se que a REN anunciou a 7 de Abril a compra da EDP Gás por mais de 500 milhões de euros. A Autoridade da Concorrência (AdC) anunciou no passado dia 5 de Maio que está a analisar esta compra, depois de ter sido notificada sobre a operação de concentração. 

Lá fora prossegue também o reporte de contas, com destaque esta quinta-feira para a Deutsche Telekom, Deutsche Post, Petrobras, Telefonica, Generali, Dia, Henkel, Crédit Agricole e Vivendi.



Inflação e receitas fiscais em destaque por cá

O Instituto Nacional de Estatística (INE) divulga o Índice de Preços no Consumidor, relativo a Abril, bem como as Estatísticas das Receitas Fiscais, referentes a 2016.

Em Março, a inflação abrandou para 1,4%, persistindo abaixo da média da Zona Euro (que foi de 1,5% no terceiro mês do ano.


Previsões económicas da Comissão Europeia

A Comissão Europeia publica as suas novas projecções económicas, depois de em Fevereiro ter advertido para os riscos que se colocam ao crescimento com o Brexit e com as políticas de Donald Trump como presidente dos EUA. Nessa ocasião, estimou um crescimento de 1,6% em 2017, menor do que a expansão de 1,7% no ano passado.

Ainda na Europa, teremos a produção industrial e a balança comercial do Reino Unido, com ambos os dados referentes a Março.


Nos EUA, destaque para os novos pedidos de subsídio de desemprego na semana terminada a 6 de Maio.


Banco de Inglaterra anuncia decisão de política monetária

O Banco de Inglaterra conclui a reunião de política monetária. Os analistas antecipam que não existam alterações na taxa de juro de 0,25%.

Após o arranque oficial do Brexit, o foco do mercado estará nas palavras do governador Mark Carney na conferência de imprensa e na actualização das estimativas para a inflação e para o crescimento que o banco central irá divulgar.

 


Economia global em foco em Itália e na Índia

Os responsáveis das Finanças dos países pertencentes ao Grupo dos Sete (G7) iniciam uma reunião de três dias em Bari (Itália) para debaterem temas como o comércio, o mercado cambial e a economia global, bem como para prepararem o terreno de trabalho para a cimeira do G7 na Sicília duas semanas depois.

Por outro lado, o presidente da Fed de Nova Iorque, William Dudley, fará um discurso intitulado "Benefícios e desafios da globalização" perante o Conselho Empresarial EUA-Índia e a Confederação da Indústria Indiana, em Bombaim.


A sua opinião0
Este é o seu espaço para poder comentar o nosso artigo. A sua opinião conta e nós contamos com ela.
Faltam 300 caracteres
Negócios oferece este espaço de comentário, reflexão e debate e apela aos leitores que respeitem o seu estatuto editorial, promovam a discussão construtiva e combatam o insulto. O Negócios reserva-se ao direito de editar, apagar ou mesmo modificar os comentários dos seus leitores se atentarem contra o bom senso e seriedade.O acesso a todas as funcionalidades dos comentários está limitada a leitores registados e a Assinantes.
comentar
pub