Mercados 5 coisas que precisa de saber para começar o dia

5 coisas que precisa de saber para começar o dia

Esta terça-feira o Banco de Portugal apresenta o seu relatório de estabilidade financeira e Angela Merkel fala sobre a saúde da economia alemã. Na Zona Euro, conheceremos os dados da confiança dos consumidores em Junho.
5 coisas que precisa de saber para começar o dia
SDC Investimentos mais longe de sair de bolsa

A Investéder, gerida por Castro Henriques e Gonçalo Santos, conseguiu ficar com 74% da SDC Investimentos (SDCI), garantindo o sucesso da OPA que terminou na sexta-feira, 2 de Maio. Assim, o sucesso da oferta pública de aquisição foi conseguido, mas a oferente não atinge os mínimos que obrigariam os accionistas que não venderam na OPA a alienarem a sua posição. Ou seja, a sua posição ficou aquém dos 90% que poderiam facilitar a saída de bolsa da SDCI.

Segundo os resultados da operação, divulgados pela gestora da Bolsa de Lisboa Euronext, a Investéder adquiriu 58,17% da SDC Investimentos durante a OPA e 15,47% em operações feitas em bolsa, que foi comunicando ao longo do período da oferta. 



BdP avalia riscos para estabilidade financeira e Merkel fala da saúde da economia alemã

O Banco de Portugal apresenta esta terça-feira o seu relatório de estabilidade financeira. Neste documento, o órgão de regulação liderado por Carlos Costa avalia os riscos emergentes nos mercados e no sistema financeiro em Portugal. No documento são detalhados possíveis choques adversos, a probabilidade de estes choques ocorrerem e avalia as suas consequências para a estabilidade do sistema financeiro.

Por outro lado, teremos a chanceler alemã a falar sobre a economia do país. Angela Merkel fará um discurso perante a Câmara de Comércio de Greifswald, cidade do seu distrito parlamentar (círculo pelo qual foi eleita).



Confiança dos consumidores da Zona Euro em foco

O Eurostat divulga hoje os dados da confiança dos investidores, em Junho. Além disso, será também apresentado o índice da Markit para os serviços na Zona Euro, referente a Maio. Ainda no bloco da moeda única, teremos os números das vendas a retalho, em Abril.

Nos Estados Unidos, destaque para os resultados de Abril do inquérito de abertura de postos de trabalho e rotatividade conhecido como "JOLTS", na sigla em inglês. Na Rússia, por sua vez, teremos a divulgação dos números relativos à inflação de Maio.


CEO norte-americanos apresentam perspectivas económicas

A Business Roundtable divulga o seu inquérito com as Perspectivas Económicas dos CEO norte-americanos para a segunda metade do ano. Este relatório dos presidentes executivos dos Estados Unidos apresenta os pormenores dos seus planos em matéria de gastos de capital, vendas e emprego no segundo semestre, bem como as suas expectativas para o PIB dos EUA em 2017. O presidente desta mesa redonda, Jamie Dimon, que é também o CEO do JPMorgan Chase, fará uma teleconferência.


Ainda nos EUA, realiza-se também esta terça-feira a assembleia geral de accionistas da General Motors. O investidor David Einhorn, da Greenlight Capital, apresentou propostas no sentido de se criarem duas classes de acções ordinárias da fabricante automóvel norte-americana e de se substituírem três dos actuais 11 administradores. 

 


Cereais e petróleo em destaque

O Conselho Internacional dos Cereais realiza a sua Conferência sobre Cereais de 2017. O presidente da Comissão de Perspectivas Agrícolas Mundiais do Departamento norte-americano da Agricultura, Seth Meyer, que elabora os relatórios no domínio cerealífero, fará uma apresentação sobre o panorama para os cereais e oleaginosas.

Por outro lado, a Administração de Informação em Energia (sob a tutela do Departamento norte-americano da Energia) apresenta o seu "outlook" de curto prazo para o sector energético no país. 




A sua opinião0
Este é o seu espaço para poder comentar o nosso artigo. A sua opinião conta e nós contamos com ela.
Faltam 300 caracteres
Negócios oferece este espaço de comentário, reflexão e debate e apela aos leitores que respeitem o seu estatuto editorial, promovam a discussão construtiva e combatam o insulto. O Negócios reserva-se ao direito de editar, apagar ou mesmo modificar os comentários dos seus leitores se atentarem contra o bom senso e seriedade.O acesso a todas as funcionalidades dos comentários está limitada a leitores registados e a Assinantes.
comentar