Mercados 5 coisas que precisa de saber para começar o dia

5 coisas que precisa de saber para começar o dia

Esta quarta-feira termina o Fórum sobre Bancos Centrais 2017, promovido pelo BCE e a decorrer em Sintra. Ainda por cá, o INE divulga as contas económicas da silvicultura em 2015. Nos EUA, a Fed apresenta a segunda parte dos resultados dos testes de stress à banca.
5 coisas que precisa de saber para começar o dia
Carla Pedro 28 de junho de 2017 às 07:30
Fórum sobre Bancos Centrais encerra em Sintra

Termina esta quarta-feira o 4º Fórum anual sobre Bancos Centrais promovido pelo Banco Central Europeu (BCE) e a decorrer em Sintra. O evento, transmitido via internet pela primeira vez, debruça-se sobre o investimento e o crescimento nas economias desenvolvidas e junta cerca de 150 governadores de bancos centrais, académicos, jornalistas da área financeira e representantes de topo do mercado financeiro.

Nas sessões e painéis de hoje, o tema em destaque é o dos ciclos conjunturais, crescimento e política macroeconómica. 



Fed divulga segunda parte dos testes de stress


A Reserva Federal norte-americana apresenta, às 21:30 de Lisboa, os resultados da segunda parte dos testes de stress às maiores entidades financeiras a operarem nos EUA. A Fed divulgou na passada quinta-feira os resultados da primeira fase destes testes anuais, realizados no âmbito da Lei Dodd-Frank promulgada após a crise financeira de 2008.

A entidade liderada por Janet Yellen anunciou que os grandes bancos do país registariam perdas acima de 380 mil milhões de dólares no cenário mais adverso dos testes de stress. No entanto, os seus rácios de capital de maior qualidade continuariam acima do exigido pelos reguladores, pelo que as conclusões foram animadoras: os 34 bancos escrutinados tiveram todos cartão verde quanto à sua capacidade de resistirem a choques económicos.


Nesta análise à robustez financeira das maiores instituições financeiras a operarem nos EUA (o requisito é que tenham mais de 50 mil milhões de dólares em activos) a Fed avalia avalia se estas dispõem de amortecedores de capital suficientes para sobreviverem a uma crise semelhante à de 2008.



May e Corbyn enfrentam-se na Câmara dos Comuns

A primeira-ministra britânica, Theresa May, e o líder dos Trabalhistas, Jeremy Corbyn, enfrentam-se na Câmara dos Comuns, pela primeira vez desde as eleições gerais, num período de perguntas e respostas. No dia seguinte será votado o programa de governo.

A primeira-ministra britânica chegou no dia 26 de Junho a acordo com o Partido Democrático Unionista (DUP) da Irlanda do Norte, sem o qual os conservadores não disporiam de apoio maioritário na câmara baixa do Parlamento. 


INE divulga contas económicas da silvicultura

Por cá, o Instituto Nacional de Estatística (INE) divulga os dados relativos às contas económicas da silvicultura, em 2015, bem como o índice de preços das propriedades comerciais em 2016.


Por seu lado, nos Estados Unidos teremos os números referentes aos contratos de compra e venda de casas, em Maio [anterior: -1,3% ; estimativa: 1,1%].


A nível empresarial, a gigante agrícola Monsanto e a General Mills (fabricante dos Cheerios e Yoplait) reportam as suas contas trimestrais.

 


Tecnologias continuarão a pressionar?

O sector tecnológico, que esteve entre os melhores desempenhos bolsistas no início deste ano, tem estado a ser castigado nos últimos tempos, especialmente do outro lado do Atlântico, tendo estado a pressionar sobretudo o índice Nasdaq. Em Wall Street, os investidores crêem que as acções deste sector possam estar sobrevalorizadas depois da verticalidade das subidas no arranque de 2017, que catapultaram o índice tecnológico para novos máximos históricos.

Ontem, o anúncio de que a Comissão Europeia decidiu aplicar à Google uma coima de 2,4 mil milhões de euros, um valor recorde, contribuiu para pesar ainda mais no sector. As práticas anti-concorrenciais de que a Google é acusada não foram praticadas em Portugal.




A sua opinião1
Este é o seu espaço para poder comentar o nosso artigo. A sua opinião conta e nós contamos com ela.
Faltam 300 caracteres
Negócios oferece este espaço de comentário, reflexão e debate e apela aos leitores que respeitem o seu estatuto editorial, promovam a discussão construtiva e combatam o insulto. O Negócios reserva-se ao direito de editar, apagar ou mesmo modificar os comentários dos seus leitores se atentarem contra o bom senso e seriedade.O acesso a todas as funcionalidades dos comentários está limitada a leitores registados e a Assinantes.
comentar
comentários mais recentes
C 28.06.2017

rosa pereira, amiga do bcp
sabes ando com uma tesão para dar uma trepa
sinto algo por ti

pub