Mercados 5 coisas que precisa de saber para começar o dia

5 coisas que precisa de saber para começar o dia

Esta quarta-feira, a Oi vai divulgar os seus resultados do segundo trimestre. Por cá, destaque para os dados do comércio internacional e do emprego. Além disso, a EDP irá estar a reagir em bolsa à melhoria da notação pela S&P que tirou a eléctrica nacional da categoria do chamado "lixo".
5 coisas que precisa de saber para começar o dia
Standard & Poor’s tira EDP do lixo

A S&P melhorou a notação financeira da EDP e um nível, retirando o "rating" da eléctrica do patamar considerado de investimento especulativo, ou seja, o denominado "lixo".Das três principais agências de notação (incluindo a Moody's e a Fitch), apenas a S&P mantinha a EDP num patamar considerado de "investimento especulativo".

Já a perspectiva estável atribuída pela agência de notação financeira à eléctrica presidida por António Mexia reflecte a expectativa de que os fundos provenientes de operações face à dívida melhorem em 16% no final de 2017, comparativamente aos 11% registados em 2016.


A decisão foi anunciada após o fecho da bolsa nacional, pelo que hoje será dia de as acções da EDP estarem a reagir a este anúncio na negociação da praça lisboeta.



Oi divulga resultados do segundo trimestre

A operadora brasileira Oi divulgará esta quarta-feira os seus resultados do segundo trimestre, após o fecho da bolsa de São Paulo. Amanhã, Marco Schroeder, CEO da Oi, irá conduzir a áudio-conferência para se pronunciar sobre os resultados.

Mais empresas apresentarão hoje as suas contas, com destaque para a fabricante automóvel indiana Tata Motors e para a empresa canadiana de serviços financeiros Sun Life Financial.



Emprego e comércio internacional dominam as atenções por cá

Hoje serão divulgados mais dados que permitirão medir o pulso a algumas economias. Por cá, o Instituto Nacional de Estatística (INE) divulga as estatísticas do comércio internacional em Junho, bem como as estatísticas do emprego relativas ao segundo trimestre. O INE apresentará ainda os dados do índice de volume de negócios, emprego, remunerações e horas trabalhadas na indústria, em Junho.


Nos Estados Unidos serão divulgados os inventários de retalho referentes a Junho [anterior: 0,6%; estimativa: 0,6%].


Tensões entre EUA e Coreia do Norte penalizam Wall Street

As bolsas norte-americanas registaram uma tendência positiva ao longo das últimas sessões, com o índice Dow Jones a marcar sucessivos máximos históricos. No entanto, na sessão de ontem, Wall Street encerrou em terreno negativo, pressionada pela elevada volatilidade após o presidente Donald Trump ter feito uma advertência à Coreia do Norte em pleno clima de tensão entre Washington e Pyongyang.


Os investidores estarão hoje atentos à evolução bolsista do outro lado do Atlântico para perceber se este intensificar de tensões continuará a penalizar a negociação ou se os principais índices dos EUA vão regressar aos ganhos.

 


Petróleo recuperou. Vai manter-se em alta?

Os preços do petróleo regressaram a terreno positivo na sessão de ontem, depois de a Organização dos Países Exportadores de Petróleo (OPEP) ter emitido um comunicado revelando que os seus membros reiteraram o compromisso em relação às quotas de produção.

Por outro lado, a Administração de Informação em Energia (sob a tutela do Departamento norte-americano da Energia) apresenta os dados relativos aos inventários de crude na semana passada nos Estados Unidos.